Ir para conteúdo principal Ir para menu principal Ir para menu do rodapé Ir para menu Categoria Ir para menu Arquivo
Logon

Viver Seguro no Trânsito

Nós estamos fazendo nossa parte. E você?
Início do conteúdo
  • É preciso responsabilizar as autoridades pelas mortes no trânsito

    acidentesemestradas.jpg

    Há anos somos procurados neste período para fazer balanços dos mortos e feridos nas rodovias durante o Carnaval, assim como ocorre em outros feriados.

    Historicamente, nos últimos dez anos, estamos falando de ao menos 200 mortos no somatório de rodovias federais e estaduais em cada feriado prolongado, sem contar os feridos, que chegam a aproximadamente 2.000. A situação é tão absurda que temos condições de prever, com certa antecedência, quantas pessoas irão morrer a cada feriado.

    A verdade é que o Brasil, de forma geral, se acostumou com as mortes nas estradas e no trânsito, assim como se habituou à violência urbana. Os reflexos estão nas 41.151 indenizações pagas por morte pelo Seguro DPVAT que, em 2017, aumentaram 23%.

    Só teremos redução consistente de vítimas do trânsito quando existirem metas e as autoridades, em todas as esferas, forem responsabilizadas quando estas não forem atingidas.

    Por isso, lamentamos dizer que, nos demais feriados do ano, estaremos aqui protestando novamente, caso a sociedade não exija resultados, medidos com um menor número de mortos nas estradas.