Ir para conteúdo principal Ir para menu principal Ir para menu do rodapé Ir para menu Categoria Ir para menu Arquivo
Logon

Viver Seguro no Trânsito

Nós estamos fazendo nossa parte. E você?
Início do conteúdo
  • Alô, pedestre: a sua segurança também depende de você!

    pedestres-no-transito.png

    Enquanto caminham rumo ao seu destino, os pedestres muitas vezes não percebem que também fazem parte do trânsito da cidade e é exatamente aí que mora o perigo. Somente no primeiro bimestre de 2018, 23% do total de indenizações pagas pelo Seguro DPVAT, ou seja, cerca de 12.752 dos acidentados eram pedestres. Número assustador, não é? Mas hoje a gente quer te convidar para pensarmos juntos no que fazer para mudar essa realidade, galera. É hora de ficar de olho nas dicas bem bacanas que separamos especialmente para você. =)

    Distração fatal: todo cuidado é pouco com o celular

    Quem nunca esbarrou em alguém mexendo no celular na rua? Essa cena, cada vez mais comum nas grandes metrópoles, já vem sendo alvo de alguns estudos, como um realizado pela Texas A&M University. O estudo mostrou que as pessoas que enviam mensagens de texto enquanto caminham têm dificuldade de andar em linha reta e tendem a ir mais devagar. Quando comparamos as velocidades de caminhada de uma pessoa sem distrações e de outro que faz o caminho digitando ao telefone, a diferença é de mais de 20%! Bastante coisa, não é mesmo?

    E olha que a gente nem entrou no mérito dos fones de ouvido: segundo o DETRAN/PR, digitar, ler e usar os fones aumenta as chances de acidentes em até 80%. =O Então, fica a dica: que tal deixar as mensagens de lado e manter a sua segurança como prioridade? ;)

    Mantendo as crianças longe da rua

    Como já sabemos, os pequenos merecem aquele cuidado todo especial durante o passeio, além do mais quando as estatísticas nos mostram que 618 indenizações foram pagas no primeiro bimestre deste ano para crianças de 0 a 7 anos. =(

    Até os 10 anos, eles devem sempre estar acompanhados por um adulto, já que ainda não conseguem calcular a velocidade e a distância dos veículos. Por isso, papai, mamãe e responsáveis, prestem atenção: além de dar o exemplo de boa conduta no trânsito, como atravessar nas faixas, é importante sempre posicionar as crianças do "lado de dentro" da calçada, viu?

    Vendo e sendo visto

    Ver e ser visto deveria ser a principal regra para os pedestres no trânsito, galera. Para colocá-la em prática é moleza: basta estar atento aos movimentos dos carros e certificar-se de que o motorista está realmente enxergando os outros que estão ao seu redor. Sabe o que ajuda bastante? Fazer contato visual com o condutor. ;)

    As dicas de sempre nunca ficam velhas

    Para finalizar, aquela regrinha básica de ter como prioridade os caminhos mais seguros e não os mais curtos para chegar ao seu destino continua valendo e muito! Por isso, nunca se esqueça de usar a faixa de segurança, ou as passarelas, para cruzar as ruas, além de respeitar os semáforos. ;)