Ir para conteúdo principal Ir para menu principal Ir para menu do rodapé Ir para menu Categoria Ir para menu Arquivo
Logon

Viver Seguro no Trânsito

Nós estamos fazendo nossa parte. E você?
Início do conteúdo
  • Precisamos falar sobre o elevado número de indenizações pagas para as motocicletas

    Por Rodolfo Rizzotto, Coordenador do SOS Estradas

    A cada Boletim Estatístico divulgado pela Seguradora Líder, fica mais evidente que algo precisa ser feito para diminuir o elevado número de acidentes envolvendo motocicletas.

    Na edição de julho do documento, esse fato não foi diferente: das 193.914 indenizações pagas pelo Seguro DPVAT, 76% foram destinadas a esse tipo de veículo, que representa apenas 27% da frota nacional. Os dados se tornam ainda mais assustadores, já que das indenizações pagas no período para acidentes com motocicletas, 74% foram para invalidez permanente e 8% para morte. As vítimas de acidentes com motocicletas são, em sua maioria, jovens do sexo masculino de 18 a 34 anos, idade considerada economicamente ativa.

    No Nordeste, a situação das vítimas de acidentes com motocicletas parece ser ainda mais grave, já que a região concentrou, de janeiro a julho desse ano, a maior incidência de acidentes fatais envolvendo motocicletas. Vale lembrar que, na última década, houve um crescimento exponencial de 166% da frota de motocicletas da região. Hoje, são mais de 7,2 milhões de motos registradas.

    Os acidentes envolvendo esse tipo de veículo são um verdadeiro drama nacional, cujo impacto se reflete nas famílias das vítimas, no Sistema Único de Saúde (SUS) e na Previdência Social.

    Dessa forma, é preciso, urgentemente, agir e buscar alternativas para reduzir os números de acidentes envolvendo esse tipo de veículo, seja através da conscientização sobre a educação no trânsito ou por meio do uso de políticas públicas. Caso isso não aconteça, vamos continuar fazendo jovens trocarem as duas rodas das motos pela cadeira de rodas em todo o Brasil.

    Gostou do artigo? Clique aqui para conhecer o site do SOS Estradas, um programa que visa reduzir os acidentes e aumentar a segurança nas rodovias.