Ir para conteúdo principal Ir para menu principal Ir para menu do rodapé Ir para menu Categoria Ir para menu Arquivo
Logon

Viver Seguro no Trânsito

Nós estamos fazendo nossa parte. E você?
Início do conteúdo
  • Faixa de pedestre completa 22 anos de existência

    Em abril de 1997, a primeira faixa de pedestres era implantada em Brasília, no Distrito Federal. A medida teve como objetivo reduzir os índices de acidentes entre os pedestres que faziam a travessia em vias movimentadas e em que os motoristas raramente respeitavam os limites de velocidade. Por aqui, aproveitamos a data para falar um pouco mais sobre como a faixa de pedestres pode ajudar a salvar vidas no trânsito. Curioso? Então fica ligado no nosso post.

    O ato de parar em uma faixa de pedestres, fazer o sinal e esperar que o carro pare para a travessia não está entre as leis previstas pelo Código de Trânsito Brasileiro (CTB), mas já é um costume nas ruas de diversos estados do país, como nas brasilienses, que reduziu de forma considerável o número de mortes desde a sua implantação. E sabe como tudo começou? Um coronel da Polícia Militar do DF, já falecido, viajou para a Europa e depois deu a sugestão ao Detran. Primeiro, o órgão reduziu o limite de velocidade nas vias, depois, para começar, pintaram 300 faixas no Plano Piloto.

    E enquanto pedestres é preciso ter muita atenção pessoal! Só no ano passado foram pagas mais de 91,2 mil indenizações do Seguro DPVAT a esse tipo de vítima. É isso mesmo. Se você ainda não sabia, a gente te explica: o Seguro DPVAT é um direito de motoristas, passageiros e também de pedestres! Isso mesmo! A proteção é garantida para indenizações por mortes, invalidez permanente e o reembolso de despesas médicas e suplementares. Portanto, se você foi vítima de um acidente de trânsito, tem direito a dar entrada no seu pedido, sem apuração de culpa. 😉

    Mas não se esqueça! Olhe para os dois lados antes de atravessar, aguarde o veículo parar antes de realizar a travessia e sempre utilize as faixas de pedestres! Curtiu o post? Sabe de uma curiosidade que não foi falada aqui? Manda pra gente aqui pelos comentários!