Ir para conteúdo principal Ir para menu principal Ir para menu do rodapé Ir para menu Categoria Ir para menu Arquivo
Logon

Viver Seguro no Trânsito

Nós estamos fazendo nossa parte. E você?
Início do conteúdo
  • Especial Maio Amarelo: Paraná promove ações voltadas aos motociclistas

    Já contamos um pouco por aqui sobre os detalhes do movimento e da campanha 2019 do Maio Amarelo. Além da mobilização nacional, diversos estados estão promovendo ações para incentivar a reflexão sobre os comportamentos e promover um trânsito mais seguro para todos. E nesse mobilização, a categoria que mais recebeu indenizações pelo Seguro DPVAT no ano passado, os motociclistas, não poderiam ficar de fora. Os dados da Seguradora Líder mostram que, apesar de representarem apenas 27% da frota nacional, as motocicletas receberam cerca de 75% das indenizações pagas. 😰

    Uma das iniciativas voltadas para a categoria está sendo promovida pela Secretaria de Saúde do Paraná, por meio do Programa Vida no Trânsito, criado para a vigilância e prevenção de acidentes. Campanhas, blitz educativas e palestras estão sendo feitas, ao longo do mês, voltadas para o motociclista, com o tema é “Ágil, porém frágil”. O objetivo é promover intervenções efetivas para reforçar a importância da utilização de equipamentos de segurança, respeito aos limites de velocidade, aprimoramento da legislação e aumento da fiscalização para coibir a dobradinha álcool e direção.

    Para isso, entidades como DETRAN, Secretaria Estadual de Educação, Batalhão da Polícia de Trânsito (BPTRAN), Polícia Rodoviária Estadual, Secretaria de Estado da Segurança Pública e Corpo de Bombeiros dão apoio às iniciativas.

    Se olharmos para os números, pessoal, no Paraná, o Seguro DPVAT concedeu no total, 21.040 indenizações, incluindo as três coberturas; morte, invalidez permanente e reembolso de despesas médicas (DAMS). Só para motocicletas, foram pagas 13.715 indenizações, ou seja, mais da metade 😱. Quando ampliamos o olhar, vemos que em todo o país os resultados não são muito diferentes: foram 18.955 indenizações por morte, 183.066 por invalidez permanente e 44.972 por despesas médicas.

    Ampliar as campanhas de conscientização é essencial para que este número seja reduzido. Por isso, o Maio Amarelo é uma campanha necessária e que deve ter continuidade e espaço nas mídias. Você já conhece o movimento? Acesse aqui o site do Maio Amarelo e conheça um pouco mais dessa ação que pode ajudar a salvar vidas!