Ir para conteúdo principal Ir para menu principal Ir para menu do rodapé Ir para menu Categoria Ir para menu Arquivo
Logon

Viver Seguro no Trânsito

Nós estamos fazendo nossa parte. E você?
Início do conteúdo

Arquivos mensais: Novembro 2019

Já conhece as lombofaixas?

Atravessar a rua é muito mais seguro quando utilizamos a faixa de pedestres, passarelas e respeitamos a sinalização de trânsito. Você já ouviu falar da faixa elevada? Conhecida como lombofaixa, elas não são uma exclusividade brasileira e já são utilizadas em países como Inglaterra, Alemanha, Holanda. Quer saber mais? Acompanhe o nosso post.😉

Para quem ainda não conhece, a faixa de travessia elevada nada mais é que uma junção da faixa de pedestres com uma “lombada”, expressão que faz alusão ao redutor de velocidade. O objetivo para a instalação dessa opção é que os motoristas deem prioridade aos pedestres no momento da travessia, fazendo com que, além de sinalização, haja um fator para diminuição da velocidade.

Cidades que já vem sendo #BonsExemplos ;)

Algumas cidades estão investindo na implementação das lombofaixas como medida de intervenção para a melhoria da acessibilidade e da segurança no trânsito do município. Um dos exemplos é Araraquara, no interior de São Paulo, que irá realizar, em novembro, uma campanha para abordar a questão das faixas elevadas como solução para ampliar a visibilidade dos pedestres e reduzir a velocidade dos veículos. Bacana né?

Outro município paulista que também está apostando na mesma solução é Mogi das Cruzes. Foram instaladas 15 lombofaixas em diversos pontos da cidade.

E você? Já viu alguma lombofaixa na sua cidade? Conta pra gente aqui nos comentários!


Continuar lendo

Viajar de moto só é bom com segurança

Os motociclistas estão em toda parte da cidade e rodovias, muitos ainda inexperientes, mas não resistem à tentação de pegar a moto e partir para a estrada. Para viajar com segurança, os veteranos dão algumas dicas, e a primeira delas é: nunca pilotar cansado. Pode parecer improvável, mas tem gente que acaba cochilando na moto, principalmente em trechos mais monótonos. Antes de partir, verifique também se a sua documentação e a do veículo estão em dia. Faça uma revisão geral checando a pressão dos pneus, óleo do motor, lâmpadas, correntes e freio. Utilize sempre capacete, botas, luvas e casaco, e leve o mínimo de bagagem, até para a sua segurança.

Antes de viajar, pesquise as condições do tempo. Sob chuva forte, pare em lugar protegido e aguarde para seguir viagem. Dirija sempre com farol baixo aceso e procure viajar durante o dia, já que a visibilidade é maior para você e demais condutores. Caso viaje de noite, cheque o sistema de iluminação da sua moto, utilize capacete e roupas claras que contenham material refletivo. Mantenha sempre distância segura do veículo da frente. Dessa forma, há tempo para realizar uma manobra em caso de imprevisto. Lembre-se que o ponto cego dos veículos pesados é muito maior que dos carros. Nunca divida a faixa com outra moto, mesmo em pista dupla. Nas ultrapassagens, tenha muito cuidado e lembre-se que podem aparecer surpresas nas vias como animais, buracos e desníveis.

Muito cuidado com deslocamento de ar dos veículos pesados. Hoje, temos caminhões cada vez mais rápidos carregando até 40 toneladas. A simples passagem de uma carreta a 90 km/h pode derrubar um motociclista. Naturalmente, respeite as sinalizações e as leis do trânsito, e pare a cada 2 horas de direção e descanse cerca de 20 minutos para recuperar o reflexo.

Não esqueça que acidentes com motocicletas são responsáveis por mais de 70% das indenizações do Seguro DPVAT por invalidez permanente. Portanto, todo motociclista faz parte de uma população de grande risco. Viaje com segurança para não fazer parte das estatísticas.


Continuar lendo

Página 1 de 1