Ir para conteúdo principal Ir para menu principal Ir para menu do rodapé Ir para menu Categoria Ir para menu Arquivo
Logon

Viver Seguro no Trânsito

Nós estamos fazendo nossa parte. E você?
Início do conteúdo

Categoria: Eventos

21 de Agosto - Dia Nacional da Habilitação

Qualquer condutor precisa dela, mas você conhece a história da Carteira Nacional de Habilitação? No Dia Nacional da Habilitação, 21/08, aproveitamos para contar um pouco mais sobre o documento oficial e obrigatório seja para quem pilota moto, dirige carros, caminhões, táxis, ônibus.. Confira abaixo!

Como surgiu a necessidade de documentação para os condutores?

Tudo começou quando o número de veículos circulando pelas ruas foi aumentando e surgiram as primeiras complicações de trânsito. Em 1941, foi estabelecido o primeiro Código Nacional de Trânsito pelo Decreto Lei nº 2.994, que tinha como objetivo organizar a circulação de veículos automotores de qualquer natureza em vias terrestres, abertas a movimentação pública, em qualquer parte do país.

O que é Prontuário Geral Único (PGU)?

O Prontuário Geral Único (PGU) era o número de registro da CNH do modelo antigo, emitido entre janeiro de 1981 e setembro de 1994. Além de não incluir a foto do motorista, o modelo antigo não possuía tantas informações como o atual. Por isso, ele não servia nem como documento de identificação oficial, então para validação era importante que os dois documentos fossem apresentados.

A Carteira Nacional de Habilitação, nos moldes de hoje, foi concebida a partir da Resolução Nº 765, de 1993, do Conselho Nacional de Trânsito (Contran) e passou a ser utilizada como documento oficial de identificação por conter fotografia, número da carteira de identidade e CPF, além de valer em todo o território nacional. De lá para cá foram muitas evoluções e a última novidade foi o lançamento da CNH Digital ou e-CNH, como noticiamos em um post anterior do Blog Viver Seguro no Trânsito, possibilitando que os condutores tenham o documento nos smartphones.

A Carteira Nacional de Habilitação (CNH),com dados completos e foto, pode ser requerida por pessoas maiores de 18 anos, alfabetizados, que possuem documento de identidade e CPF. Além disso, a CNH é categorizada de acordo com o tipo de veículo que o motorista deseja conduzir e possui provas de aptidão para cada uma delas.

Categoria A: “Condutor de veículo motorizado de duas ou três rodas, com ou sem carro lateral.”

Categoria B: “Condutor de veículo motorizado, não abrangido pela categoria A, cujo peso bruto total não exceda a três mil e quinhentos quilogramas e cuja lotação não exceda a oito lugares, excluído o do motorista.”

Categoria C: “Condutor de veículo motorizado utilizado em transporte de carga, cujo peso bruto total exceda a três mil e quinhentos quilogramas.”

Categoria D: “Condutor de veículo motorizado utilizado no transporte de passageiros, cuja lotação exceda a oito lugares, excluído o do motorista.”

Categoria E: “Condutor de combinação de veículos em que a unidade tratora se enquadre nas categorias B, C ou D e cuja unidade acoplada, reboque, semirreboque, trailer ou articulada tenha 6.000 kg (seis mil quilogramas) ou mais de peso bruto total, ou cuja lotação exceda a 8 (oito) lugares”.

Não esqueça que o condutor precisa, além da carteira de habilitação, ter atenção e cautela no trânsito, para não perder pontos e perder a ter o documento suspenso. Fazer do trânsito um lugar seguro e sem vítimas é uma obrigação de todos! 😉

Continuar lendo

Pedestres são responsáveis por mais de 40 mil indenizações no primeiro semestre de 2019

Os pedestres também fazem parte do trânsito, e o mês em que celebramos o Dia Mundial do Pedestre (08 de agosto) é a oportunidade para lembrar que o risco de acidentes atinge todos andam diariamente pelas ruas. No primeiro semestre de 2019, foram pagas mais de 46,8 mil indenizações aos pedestres vítimas de acidentes de trânsito e seus beneficiários. O número é alarmante porque, na comparação com o mesmo período do ano anterior, o crescimento é de quase 9% (43.267). Neste post, lembramos que a redução desses números depende não só de infraestrutura, mas também do respeito mútuo entre motoristas, motociclistas, ciclistas e pedestres.

Conforme Art. 29, § 2 do Código de Trânsito Brasileiro, “os veículos de maior porte serão sempre responsáveis pela segurança dos menores, os motorizados pelos não motorizados e, juntos, pela incolumidade dos pedestres. ”, mas será que é colocado em prática? O negligenciamento dessa regra pode resultar em acidentes com consequências irreparáveis. Mas por outro lado, a falta de atenção de quem anda a pé ao trânsito, com distrações como celular e fones de ouvido, também são fatores de risco.

De acordo com levantamento realizado pela Seguradora Líder, os pedestres foram responsáveis por 46.866 das indenizações totais pagas pelo Seguro DPVAT no primeiro semestre de 2019, sendo a maioria pela cobertura de invalidez permanente (36.137). Outros 5.866 deram entrada no pedido do benefício por reembolso de despesas médicas e 5.363 foram vítimas fatais.

A redução desse número depende de cada pessoa presente no trânsito, é preciso estar sempre atento, manter o respeito pelo próximo e fazer sua parte para que as vias sejam cada vez mais seguras para todos né, galera?

Então se liga, faça sua parte! Pedestres, lembrem-se: não atravessem pela parte de trás dos veículos; caminhe, de preferência, pelo lado de dentro das calçadas; antes de atravessar, faça contato visual com os motoristas para ter certeza de que ele te viu! E motoristas, estejam atentos para tentar antever a reação dos pedestres; não pare nas faixas; evite buzinar para os pedestres; e claro, seja gentil, dê a preferência! 😉

Curtiu o post? Conta pra gente, aqui nos comentários, você presta atenção quando está transitando a pé pelas ruas? 😉

Continuar lendo

Especial Meio Ambiente: Montadoras investem na produção de carros elétricos!

Entre os dias 1 e 5 de junho, é comemorada a Semana Mundial do Meio Ambiente. Esse é o momento de chamar atenção da população para a preservação do patrimônio natural. Além de fazer nossa parte, sabemos que inovações tecnológicas são fundamentais para contribuir com a diminuição da poluição no planeta não é mesmo, galera? Neste post, vamos falar de ideias que tem ganhado cada vez mais força no mercado automobilístico: os carros elétricos!

Você sabia que, apesar de parecer super moderna, a ideia de ter veículos movidos a energia elétrica é bem antiga? O primeiro modelo foi feito no século XIX, naquela época, além dos altos preços, a velocidade dos veículos era bem inferior aos dos carros normais. Por isso, a ideia acabou não ganhando tanta força e não fez sucesso no mercado automobilístico. 😕

Em 2018, a União Europeia começou um maior incentivo para a produção dos chamados “carros verdes”. O pontapé inicial foi um acordo proposto pelo bloco europeu, que tinha como meta reduzir em 37,5% as emissões de dióxido de carbono (CO2) feitas por automóveis, até 2030. Uma das medida para atingir esse objetivo foi o incentivo para produção de carros mais eficientes e ecológicos.

No início desse ano, os investimentos em carros elétricos chegaram a US$ 300 bi. Incrível, né? Esse dinheiro deve ser investido ao longo de 10 anos pela Volkswagen e pela China, que lideram esse cenário e são motivados pelas políticas governamentais que incentivam a redução de emissão de gás carbônico. Para vocês terem uma noção, a segunda maior investidora é a empresa Daimler, que separou US$ 42 bilhões para a produção de carros elétricos. A Volkswagen pretende fechar 2025 com 15 milhões de automóveis elétricos, incluindo 50 modelos puramente elétricos e 30 híbridos. Produção em massa de carros mais ecológicos! 💚

Agora é com você! O que tem feito para contribuir com o meio ambiente? Quais são as iniciativas bacanas que tem visto por aí? Conta pra gente aqui nos comentários! Afinal de contas, construir um planeta melhor é uma responsabilidade de todos!

Continuar lendo

Especial Maio Amarelo: Ciclistas também fazem parte do trânsito

As ações do Maio Amarelo continuam em todos os cantos do Brasil! Quando se fala de trânsito, automaticamente pensamos em carros, motos e outros veículos motorizados. Mas outros personagens fazem parte dessa equação galera, como os ciclistas. Além de contribuírem para uma cidade mais sustentável, eles podem se tornar agentes de conscientização para os motoristas. Um exemplo foram as ações de “Pedal da Paz”, promovida no último dia 6 de maio, no Rio de Janeiro, e na cidade de Campo Mourão, no Paraná, no último dia 21 de maio. Fique ligado aqui no post para conferir os detalhes dessas mobilizações.

Querendo chamar atenção para a boa convivência entre motoristas e ciclistas no trânsito, o Pedal da Paz fez uma edição em apoio ao Maio Amarelo, no Centro do Rio de Janeiro. O passeio partiu da Praça Mauá e foi até o AquaRio, aquário do Rio de Janeiro, e contou com a participação de grupos de pedal e familiares de ciclistas de várias partes da Região Metropolitana do estado. Durante o evento, agentes do Detran, da Prefeitura e da Operação Lei Seca, distribuíram panfletos e conversaram com a população sobre o respeito das leis de trânsito.

O Grupo Eco Bike de Campo Mourão, responsável por promover passeios ciclísticos, se uniu ao Detran do estado do Paraná para a realização de uma pedalada em apoio ao Maio Amarelo. Com um circuito de aproximadamente quatro quilômetros, o passeio percorreu ruas centrais da cidade. Além disso, os participantes foram convidados a ajudar o Lar dos Velhinhos Frederico Ozanan, doando um quilo de alimento não perecível para a instituição. Bem legal, né? Tudo isso para conscientizar sobre o cuidado e o respeito no trânsito, lembrando que os ciclistas também fazem parte desse cenário!

Para conhecer mais ações do Maio Amarelo, clique aqui!

E a sua cidade? Teve alguma ação em apoio ao Maio Amarelo? Conta pra gente aqui nos comentários!


Continuar lendo

Dia Continental do Seguro – Conheça essa história!

Você sabia que maio é o mês em que se comemora o Dia Continental do Seguro? É isso aí! Essa é uma data que existe há 71 anos e pode passar despercebida para muitos, mas tem um objetivo muito importante: ressaltar os benefícios dos seguros em diversos ramos! Para saber mais sobre essa história, confira o post de hoje!

Tudo começou lá no México, na 2ª Conferência Hemisférica de Seguros, em 1948, quando 14 de maio foi escolhido para homenagear a primeira conferência, que aconteceu em Nova York! A data ficou então conhecida como o Dia do Seguro Continental e é comemorada, principalmente, no continente Americano, como forma de conscientizar a população. O importante é convidar a sociedade a pensar sobre a importância de se ter um seguro. Afinal de contas, imprevisto acontecem, não é mesmo?

O DPVAT é um seguro criado por lei em 1974 e é uma importante ferramenta social para auxiliar às vítimas de acidente de trânsito, oferecendo cobertura por três naturezas de danos pessoais: morte, invalidez permanente e reembolso de despesas médicas (DAMS). Além disso, 45% do total arrecadado pelo Seguro DPVAT vão para o Sistema Único de Saúde (SUS), para auxiliar o custeio do tratamento das vítimas de acidentes de trânsito e outros 5% para o Denatran, para programas de prevenção de acidentes.

Em janeiro, explicamos em uma postagem aqui do blog a importância de manter o Seguro DPVAT em dia. Clique aqui para conferir.

Agora a gente quer te ouvir! Você possui mais algum outro seguro para patrimônio, acontecimentos ou outra segmentação? Conta pra gente aqui nos comentários!


Continuar lendo

Especial Maio Amarelo: ações regionais chegam a escola para disseminar #bonsexemplos

As iniciativas ligadas ao Maio Amarelo estão acontecendo em todo o país e, diante de tantos números que assustam, nada melhor que boas notícias, não é? Com o intuito de promover a conscientização e educação no trânsito, escolas municipais e estaduais de diversos estados serão palco de diversas ações ao longo deste mês para chamar atenção dos pequenos e torna-los embaixadores de boas atitudes. Quer conhecer algumas? Então se liga no post de hoje!

Em Santarém, no Pará, 21 escolas irão receber ações 😱

No município de Santarém (PA), a Secretaria Municipal de Mobilidade e Trânsito (SMT), através da Divisão de Educação no Trânsito, promoverá ações em escolas para crianças e adolescentes durante todo o mês. Serão 21 instituições, do ensino fundamental ao médio, que irão receber palestras, atividades lúdicas, recreação e distribuição de material informativo, com o objetivo de informar e conscientizar para que, no futuro, esses jovens sejam pessoas mais conscientes no trânsito.

Em São Paulo, alunos visitaram a Rede Lucy Montoro

O Instituto Lucy Montoro, conhecido por tratar e cuidar de pessoas com deficiência física que estão passando por reabilitação, foi o centro da visita de estudantes das redes de ensino estadual. Os alunos participaram de games interativos e vivências para alertar sobre as consequências dos acidentes e o perigo da mistura de drogas, álcool e direção. Além disso, os alunos ainda ouviram um depoimento de uma vítima de acidente de trânsito, que enfatizou o discurso do cuidado nas vias e a importância da inclusão das pessoas com deficiência.

No Rio, escolas de Cabo Frio recepcionam ações de educação! 🚘

Durante todo o mês de maio, os agentes civis municipais de Cabo Frio, na Região dos Lagos do Rio de Janeiro, irão promover ações do projeto “Por mais paz no trânsito” nas escolas. Com o intuito de apresentar o tema às crianças de forma lúdica, os guardas civis levaram para as escolas elementos cenográficos como faixa de pedestres, carrinhos e semáforos. Tudo para tornar o aprendizado mais prático e simples.

Educação e conscientização nas escolas contribui para o tema desse ano 😉

A campanha do Maio Amarelo, que em 2019 tem como tema “No trânsito, o sentido é a vida”, está promovendo a #MeOuça, incentivando que os adultos ouçam mais os conselhos das crianças na hora de dirigir. Promover ações de conscientização no trânsito em escolas é ainda mais importante para a formação dos pequenos.

No site do Maio Amarelo você pode conferir outras iniciativas que apoiam a campanha. 😊

Continuar lendo

Maio Amarelo: conheça a campanha nacional de 2019

Somente no ano passado, mais de 328 mil indenizações do Seguro DPVAT foram pagas a vítimas de acidentes de trânsito e seus beneficiários em todo país. O cenário da violência do trânsito ainda preocupa, pessoal e, por isso, o Maio Amarelo chega a sua sexta edição com o tema “No trânsito, o sentido é a vida”, que lembra a responsabilidade de motoristas, ciclistas, motociclistas e pedestres na redução de acidentes e na preservação de vidas. Quer saber mais sobre esse importante movimento? Fique ligado no nosso post!

Atenção à violência

O Maio Amarelo foi instaurado a partir de uma resolução da Assembleia-Geral das Nações Unidas, baseada em estudos da Organização Mundial da Saúde (OMS), que definiu o período entre 2011 e 2020 como a “Década de Ações para a Segurança no Trânsito. A campanha deste ano tem como mote #MeOuça, estimulando os adultos a ouvirem mais os conselhos dados pelas crianças, refletindo um comportamento mais seguro no trânsito. Você pode conferir o vídeo clicando aqui. As crianças aparecem lembrando comportamentos simples, que muitas vezes, na correria do dia a dia, são esquecidos. Entre os exemplos estão obedecer à sinalização, utilizar equipamentos de segurança e não dirigir após consumo de álcool. Todos super importantes para mudarmos a realidade do trânsito, não é mesmo galera?

Mobilização Nacional

Para celebrar o lançamento da campanha nacional, o Ministério da Infraestrutura vai promover, na próxima quarta-feira, dia 8, uma cerimônia de abertura das atividades do Maio Amarelo. Estão previstas atividades para reforçar a importância do movimento, como a assinatura de um acordo com o lançamento do Programa Educa, iniciativa de educação no trânsito voltada a alunos do ensino fundamental das redes pública e privada. O evento contará também com a presença dos diretores-presidentes dos Detrans dos 26 estados e Distrito Federal, que apresentarão as ações desenvolvidas em cada um dos seus estados. Durante todo o mês de maio, a Esplanada dos Ministérios, em Brasília, e diversos órgãos públicos do país estarão iluminados na cor amarela, que representa a atenção na sinalização de advertência no trânsito e simboliza o movimento.

O que achou da campanha do Maio Amarelo desse ano? Curtiu? Conta pra gente e aproveita para compartilhar a ideia de um trânsito mais seguro! 😊


Continuar lendo

Feriado da Semana Santa: seja prudente nas estradas!

É só a Semana Santa chegar que a galera já começa a planejar viagem, né? Independentemente do destino, o cuidado precisa estar sempre presente! Se você pretende pegar a estrada para aproveitar o feriado, fique ligado nesse post sobre os dados e siga com atenção as nossas dicas! 😉

Em 2018, foram registradas 2.121 ocorrências em todo o Brasil 😱

Ficou assustado? Pois é, esse é o número de acidentes ocorridos entre os dias 19 e 23 de abril do ano passado, já indenizados pelo Seguro DPVAT. Do total, 1.196 ocorrências resultaram em algum tipo de invalidez permanente e 393 foram vítimas fatais. Assim como no total registrado durante o ano, os homens foram as principais vítimas durante o feriado prolongado e a faixa etária mais atingida foi a dos jovens de 18 a 24 anos (529 casos) de 25 a 34 anos (528 casos).

Vale lembrar que as vítimas e beneficiários podem dar entrada no pedido do Seguro DPVAT em até 3 anos após o acidente, ou seja, esses números ainda podem aumentar.

Atenção nunca é demais!

Por isso, ao pegar seu veículo para encarar as estradas brasileiras, tenha em mãos todos os documentos atualizados e cheque todos os itens de segurança. E não esqueça: a prudência é indispensável, principalmente em vias movimentadas. Cabe a cada indivíduo construir um trânsito mais seguro para todos! 😁

Vai viajar? Então, se liga! 👀

1) Verifique itens importantes do veículo. Pneus, para-brisas, sistema elétrico, freios, nível da água no radiador, luzes, e equipamentos como: macaco, triângulo, chave de roda e ferramentas. Essa revisão é extremamente necessária para quem pretende pegar a estrada.

2) Viagens de longa distância exigem paradas para comer e descansar. O alongamento de pernas, braços, coluna são importantes para o bem-estar do motorista. Esse tipo de cuidado, faz a diferença.

3) Não esqueça de manter os documentos de habilitação e do carro sempre juntos! Em hipótese alguma saia de casa sem eles!



Continuar lendo

Faixa de pedestre completa 22 anos de existência

Em abril de 1997, a primeira faixa de pedestres era implantada em Brasília, no Distrito Federal. A medida teve como objetivo reduzir os índices de acidentes entre os pedestres que faziam a travessia em vias movimentadas e em que os motoristas raramente respeitavam os limites de velocidade. Por aqui, aproveitamos a data para falar um pouco mais sobre como a faixa de pedestres pode ajudar a salvar vidas no trânsito. Curioso? Então fica ligado no nosso post.

O ato de parar em uma faixa de pedestres, fazer o sinal e esperar que o carro pare para a travessia não está entre as leis previstas pelo Código de Trânsito Brasileiro (CTB), mas já é um costume nas ruas de diversos estados do país, como nas brasilienses, que reduziu de forma considerável o número de mortes desde a sua implantação. E sabe como tudo começou? Um coronel da Polícia Militar do DF, já falecido, viajou para a Europa e depois deu a sugestão ao Detran. Primeiro, o órgão reduziu o limite de velocidade nas vias, depois, para começar, pintaram 300 faixas no Plano Piloto.

E enquanto pedestres é preciso ter muita atenção pessoal! Só no ano passado foram pagas mais de 91,2 mil indenizações do Seguro DPVAT a esse tipo de vítima. É isso mesmo. Se você ainda não sabia, a gente te explica: o Seguro DPVAT é um direito de motoristas, passageiros e também de pedestres! Isso mesmo! A proteção é garantida para indenizações por mortes, invalidez permanente e o reembolso de despesas médicas e suplementares. Portanto, se você foi vítima de um acidente de trânsito, tem direito a dar entrada no seu pedido, sem apuração de culpa. 😉

Mas não se esqueça! Olhe para os dois lados antes de atravessar, aguarde o veículo parar antes de realizar a travessia e sempre utilize as faixas de pedestres! Curtiu o post? Sabe de uma curiosidade que não foi falada aqui? Manda pra gente aqui pelos comentários!



Continuar lendo

Encontro de cidadania e solidariedade

Você sabia que o Seguro DPVAT indenizou mais de 650 mil pessoas só em 2015? Mesmo com tanta gente beneficiada, muitos não sabem o que é o Seguro e como ele funciona. Para ajudar a esclarecer essas e outras dúvidas sobre esse importante benefício oferecido à sociedade, a Seguradora Líder-DPVAT, que administra o Seguro DPVAT, marcou presença na 26ª edição da Ação Global.

Promovido pela parceria do SESI com a TV Globo, o encontro oferece diversos serviços de cidadania, saúde e qualidade de vida à população e já beneficiou mais de 46 milhões de pessoas ao longo de 25 anos de cidadania. Esse é um tema que tem tudo a ver com a Seguradora-Líder DPVAT, que cumpre um importante papel social ao fazer a gestão do Seguro DPVAT.

[gallery ids="4289,4290,4291,4292,4293,4287"]

Esse recurso auxilia financeiramente vítimas de acidentes de trânsito em três situações: reembolso de despesas médicas, invalidez permanente e morte. Durante a Ação Global, a Seguradora Líder-DPVAT esclareceu dúvidas dos visitantes, de forma gratuita, sobre como funciona o Seguro e explicou como todos; motoristas, passageiros ou pedestres, podem dar entrada no benefício sem apuração de culpa.

E aí? Você tem dúvidas sobre o Seguro DPVAT? Deixe a sua pergunta aqui, nos comentários, que a gente responde. :D

Continuar lendo

Página 1 de 3
123