Ir para conteúdo principal Ir para menu principal Ir para menu do rodapé Ir para menu Categoria Ir para menu Arquivo
Logon

Viver Seguro no Trânsito

Nós estamos fazendo nossa parte. E você?
Início do conteúdo

Categoria: Notícias

Por dentro do Portal do Programa Recomeço

​No dia 07 de agosto, a Seguradora Líder lançou uma ferramenta de apoio muito importante ao Programa Recomeço: o Portal de Conteúdo e Oportunidades. Essa plataforma digital, além de permitir a disponibilização de vagas pelas empresas parceiras e o cadastramento dos beneficiários do Seguro DPVAT interessados em recolocação profissional, conta com notícias semanais sobre a inclusão no mercado de trabalho brasileiro e histórias de superação. Bem legal, não é? Nesse post, vamos te deixar por dentro de todos os detalhes do Portal. Confira! 😉

Um novo futuro começa agora: conheça o Portal de Oportunidades

Já contamos para você que queremos ir além do pagamento de indenizações do Seguro DPVAT, sendo uma facilitadora para que o mercado cumpra a Lei de Cotas para os PCDs que, atualmente, representam menos de 1% das pessoas com deficiência incluídas no mercado. Na prática, estamos fazendo isso através do Portal de Oportunidades, disponível dentro do Portal Recomeço, nesse link. Para saber como ele funciona e como realizar o seu cadastro, sendo beneficiário ou empresa, é só continuar acompanhando o nosso post. 😌

Como faço para me inscrever?

Opa, essa é uma pergunta bem frequente e estamos aqui para esclarecer! Para fazer parte do banco de dados do Programa Recomeço e acompanhar a abertura de vagas de emprego, é preciso fazer o cadastramento do currículo no Portal de Oportunidades, disponível na área “Login” do Portal Recomeço, clicando aqui.

Quem pode participar?

O Programa Recomeço e o Portal de Oportunidades estão disponíveis, de forma gratuita, para beneficiários do Seguro DPVAT. Assim que ele inserir seu CPF para fins de cadastramento na página, será feito um cruzamento com a base de dados do Seguro DPVAT para checagem se a pessoa é, de fato, um beneficiário. Vale lembrar que, neste momento inicial, as vagas que estão sendo disponibilizadas são no Rio de Janeiro, mas nossa ideia é alcançar todo o Brasil através do projeto, viu, pessoal?

Sou empresa e quero me inscrever. Como devo proceder?

Apesar das primeiras empresas convidadas para participar do Recomeço serem do mercado financeiro e segurador, o Portal de Oportunidades já está disponível para qualquer empresa que queira fazer parte da iniciativa, em todo o Brasil. Para participar, basta enviar um e-mail solicitando seu cadastro para o e-mail recomeco@seguradoralider.com.br. A gente esclarece que não há nenhum tipo de investimento por parte das empresas, bastando apenas ofertar as suas oportunidades de emprego. Não perca a chance de nos ajudar a reconstruir essas histórias juntos! Todo mundo sai ganhando! ❤

Notícias, histórias e muito mais!

Por aqui, acreditamos que a informação é capaz de mudar a realidade em que vivemos. E, no Portal Recomeço, isso não é diferente! Por isso, lá você acessa notícias sobre o mercado de trabalho, com dicas práticas de como se comportar em processos seletivos, histórias de superação para te dar aquela motivação. Clique aqui para conferir tudo na íntegra e, se tiver alguma sugestão de tema, é só deixar aqui nos comentários.

Através do Portal Recomeço, queremos ficar cada vez mais próximos de você e mostrar que o papel da Seguradora Líder vai muito além do pagamento de indenizações: também queremos colaborar com a ressocialização dos beneficiários do Seguro DPVAT. Se surgir alguma dúvida sobre o funcionamento do Portal, é só falar com a gente aqui nos comentários, viu? Esperamos por você! 😉

Continuar lendo

Fique por dentro das mudanças nos pontos de atendimento do Seguro DPVAT

O mês de julho começa com mudanças, galera! A partir de hoje, dia 2 de julho, os pontos de atendimento oficiais do Seguro DPVAT sofreram alterações. Continue acompanhando o nosso post para conferir os detalhes! 😉

Confira as mudanças

Os pontos de atendimento oficiais do Seguro DPVAT sofreram alterações, tendo em vista que os contratos, até então vigentes, de prestação de serviços com os Sindicatos dos Corretores de Seguros (Sincors) foram rescindidos, para se ajustarem às novas regras estabelecidas pela SUSEP (Superintendência de Seguros Privados), entidade responsável por regular a gestão do Seguro DPVAT.

Com exceção do Rio de Janeiro, do Amapá, do Ceará, do Maranhão e do Tocantins, os Sincors não receberão mais pedidos de indenização do Seguro DPVAT. Mas a gente lembra que as seguradoras consorciadas, agências dos Correios e corretores parceiros estão aí para receber a documentação necessária! Clique aqui e dê uma olhadinha nos quase 8 mil pontos de atendimento oficiais da Seguradora Líder. Com certeza tem um bem pertinho de você. \o/

Onde posso consultar meu processo de indenização?

Opa, é muito fácil, pessoal! Todas as informações sobre o andamento dos processos de indenização devem ser consultadas através dos nossos canais de andamento oficiais, clicando aqui. \o/ E a gente lembra: se surgir alguma dúvida, estamos aqui para te ajudar! 😍

Dei entrada no meu processo pelo SINCOR e houve uma pendência de documentação. Para onde envio minha documentação complementar?

Não precisa se preocupar: em caso de pendências, a documentação complementar deve ser entregue nas agências dos Correios credenciadas. 😉 Confira a mais próxima da sua casa clicando aqui. É importante que a documentação seja envelopada, nas agências, com carta especial, identificada como "Postal DPVAT".

O prazo para pagamento da minha indenização será alterado?

Não! Após a entrega de toda a documentação correta, o prazo para pagamento das indenizações é de 30 dias, conforme previsto na Resolução 332, de 2015. Legal, não é? 😉

Dei entrada em um ponto de atendimento dos SINCORs e, até agora, não sei se houve algum pendenciamento no processo. Como posso obter mais informações?

Por aqui, temos uma série de canais de atendimento para tornar o nosso relacionamento cada vez mais próximo, como o SAC, através do número 0800 022 12 04, além das redes sociais oficiais do Seguro DPVAT, como o Facebook, o Instagram e o Twitter. 😉

E aí, gostou de ficar por dentro das novidades que estão rolando aqui na Seguradora Líder? Se sua resposta foi sim, é só continuar ligadinho aqui no Blog Viver Seguro no Trânsito. Esperamos por você nos comentários! ❤



Continuar lendo

Comissão de Viação e Transportes aprova placa que alerta sobre novos condutores

projeto-lei-novos-condutores.png

Nervosismo. Ansiedade. Medo. Essas são características bastante comuns nos motoristas iniciantes. Para alguns, esse medo começa já na hora do exame prático e relatórios divulgados pelo Detran confirmam isso. Em 2017, só na Bahia, por exemplo, dos 257.022 candidatos que fizeram a prova prática, 95 mil foram eliminados. :O

Pensando em tranquilizar os novatos e estimular a gentileza no trânsito, a Comissão de Viação e Transportes da Câmara dos Deputados, aprovou o Projeto de Lei nº 6098/2016, que altera o Código de Trânsito Brasileiro (CTB) para tornar obrigatória a identificação com placa em local visível dos veículos guiados por condutores que estão habilitados há menos de um ano. O objetivo é aumentar a segurança e garantir a proteção de quem está dando seus primeiros passos no trânsito. Bem legal, não é? \o/

Pelo texto do projeto, o descumprimento dessa regra implicará na aplicação de multa por infração grave, com retenção do veículo até que a placa com a identificação seja fixada. E, por falar em identificação, ela deverá ser regulamentada pelo Conselho Nacional de Trânsito, o Contran.

Autora do Projeto de Lei, a deputada Christiane de Souza Yared defendeu o projeto destacando que muitos habilitados saem da autoescola com dificuldades no trânsito, o que se justifica pela falta de experiência ao volante. Para ela, a identificação do condutor novato no trânsito possibilitará uma melhor visualização aos demais condutores de um sem experiência.

O projeto ainda será analisado, em caráter conclusivo, pela Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania da Câmara dos Deputados. É só esperar para ver! =) Se você ficou curioso para conferir o Projeto de Lei, é só clicar aqui para conferir a sua versão inicial.

Por aqui, estamos curiosos para saber como essa placa será. E vocês? A gente aproveita para deixar o recado esperto de sempre: continue ligadinho no nosso blog para ficar dentro dessa e de uma porção de novidades bem bacanas sobre o trânsito brasileiro. o/


Continuar lendo

No Rio de Janeiro, motorista agora pode retirar veículo apreendido sem pagar IPVA

novidade-ipva-motoristas-cariocas.png

Se é novidade, você já sabe que a gente divulga por aqui! \o/ E hoje vamos te deixar por dentro de uma das mais bacanas que está rolando para os motoristas cariocas: a partir de agora, no Estado, os proprietários de veículos apreendidos que estão com o IPVA atrasado podem fazer sua retirada sem precisar pagar este imposto, mas o Seguro DPVAT e outras taxas continuam sendo obrigatórias. Fique ligado nos detalhes aqui embaixo. ;)

Fique de olho: as demais taxas precisam estar em dia

A nova regra, que passou a valer no dia 20 de abril, traz um detalhe importante: apesar dos proprietários de veículos apreendidos no Rio poderem fazer a retirada deste sem o pagamento do IPVA, as demais taxas devem estar em dia para conseguir a liberação do veículo. São elas: o Seguro DPVAT, o Certificado de Registro e Licenciamento do Veículo (CRLV), o licenciamento do automóvel, os DUDAs (documento único de arrecadação) referentes a cada ano de IPVA atrasado, além da certidão negativa, também conhecida como "Nada Consta".

Todos os boletos, com exceção do Seguro DPVAT, podem ser emitidos no site do DETRAN. Após seu pagamento, o proprietário precisa informar a quitação ao órgão. Para isso, basta acessar novamente o site do DETRAN e, em seguida, clicar em "Veículo" > "Veículos apreendidos" > "Informação de pagamento". Fácil, né? ;)

E o boleto do Seguro DPVAT? Como emitir?

Desde o começo do ano, os proprietários de veículos do Estado devem emitir o boleto do Seguro DPVAT diretamente pelo site da Seguradora Líder clicando aqui. Se o Seguro do seu veículo já venceu, não tem problema! Você consegue emitir outro boleto sem precisar pagar juros ou multa pelo atraso. Ô coisa boa! ♥

Então, fica o convite: além de ser indispensável para fazer a retirada do seu veículo, manter o seu Seguro DPVAT em dia permite que você esteja protegido em caso de acidentes de trânsito. É para guardar no coração... e no calendário! ;)

E aí, essa novidade te ajudou? Deixe seu comentário aqui embaixo e aproveite para marcar seus amigos cariocas, afinal, informação boa deve ser compartilhada. Continue acompanhando o blog para ficar por dentro de tudo o que acontece no trânsito brasileiro! ;)


Continuar lendo

No Dia da Mentira, conheça os principais mitos sobre o universo do trânsito

dia-da-mentira.png

Por aqui, sabemos que a probabilidade de você estar comendo um chocolate enquanto lê esse post é enorme, afinal, a Páscoa chegou, não é mesmo? ;) Mas hoje também é comemorada uma outra data: o Dia da Mentira. Marcada ao redor do mundo pelas famosas pegadinhas, hoje é o dia onde você simplesmente desconfia de tudo o que vê. Mas não precisa desconfiar tanto assim: o assunto do nosso post é super verdadeiro. <3 Hoje, a gente quer desmistificar algumas das mentiras mais faladas sobre trânsito. Vamos nessa?

Beber e dirigir, não tem problema!

Essa é uma das mentiras mais divulgadas por aí, pessoal! Sob o efeito do álcool, o tempo de reação passa de um segundo para, em média, até 2,5 segundos. É o suficiente para percorrer 56 m às cegas. Além disso, o álcool reduz em até 32% a precisão visual de quem bebeu.

Você está pensando que os dados assustadores param por aí? Não mesmo! Segundo a Associação Brasileira de Medicina de Tráfego (Abramet), o hábito de beber e pegar a direção na sequência é o segundo maior causador de acidentes no país. Olha o perigo! :O

Dirigir com sono não provoca acidentes

Dirigir com sono pode ser tão perigoso quanto dirigir embriagado. Uma pesquisa do Departamento Estadual de Trânsito de São Paulo, o Detran.Sp, mostra que até 20% de todos os acidentes de trânsito estão associados à sonolência. E sabe o que comprova isso? As indenizações pagas pelo Seguro DPVAT no primeiro bimestre de 2018. De acordo com o Boletim Estatístico de Fevereiro, a maior incidência de acidentes indenizados ocorreu no período do anoitecer, entre 17hs e 19:59 hs, representando 24% das indenizações.

Então, já sabe: esqueça o café ou qualquer outra tentativa para burlar o seu sono. O que evita acidentes mesmo é não pegar o volante em qualquer sinal de sonolência, galera! Quer outra dica bacana? Fique de olho na bula e evite dirigir após tomar medicamentos que tem como efeito direto ficar com sono. ;)

O cinto de segurança não é necessário no banco de trás

Em qualquer posição do carro, o uso do cinto de segurança é indispensável, galera! Em caso de acidentes, os ocupantes do banco de trás são arremessados de forma extremamente violenta contra os bancos dianteiros, sobre os ocupantes do banco da frente e contra o parabrisa. 

É preciso levar em consideração que o corpo de uma pessoa ou qualquer objeto que esteja no veículo pode chegar a pesar 35 vezes o seu peso em circunstâncias normais. Quer um exemplo? Uma pessoa de 75 kg, sentada no banco de trás, numa colisão com desaceleração total a 50km, chega a pesar 2 toneladas e 600 quilos. Imagine como essa pessoa fará para se segurar sem o cinto de segurança. Impossível, né?

Utilizar o celular no viva-voz não provoca distrações

Esse é um erro daqueles bem grandes! Um estudo realizado pelo Instituto Nacional Sueco de Pesquisas sobre Estradas e Transportes aponta que sistemas de interatividade para carros conhecidos como “hands free” é quase tão perigoso quanto falar segurando o celular enquanto dirige.

Numa escala de 0 a 100, que media de forma crescente o acúmulo de esforço mental, a instituição classificou em 52,7 o diálogo feito com viva-voz e em 57 o realizado de forma convencional. Quase não tem diferença, não é pessoal? 

E aí, que tal compartilhar esse post com todo mundo? Afinal, o Dia da Mentira pode ser só hoje, mas as dicas aqui em cima valem para o ano inteiro. \o/


Continuar lendo

Ansiedade no trânsito: precisamos falar sobre o medo de dirigir

medo-de-dirigir.png

A ansiedade já é considerada o "mal do século" e ela está presente até mesmo no trânsito. A "amaxofobia" é um nome que pode parecer complexo, mas tem um significado bastante simples: a fobia de dirigir. Traduzido em sintomas como suor excessivo e mãos trêmulas, quando não tratado, esse medo exacerbado tem grandes chances de se tornar uma doença incapacitante. Nesse post trazemos uma perspectiva sobre esse assunto, mostrando como os transtornos de ansiedade se traduzem no trânsito e apontando a direção para buscar ajuda. Confira abaixo!

Mais de dois milhões de brasileiros não dirigem por medo

De acordo com a Associação Brasileira de Medicina de Tráfego (Abramet), esse é o número de pessoas que não dirigem por medo. Para se ter uma ideia, é quase o mesmo que as populações do Acre, Amapá e Roraima somadas. :(

Uma curiosidade é que as mulheres correspondem a 75% desse total, o que faz com que elas tenham ainda mais cuidado na hora de pegar no volante e, consequentemente, sofram menos acidentes. As estatísticas do Seguro DPVAT comprovam esse fato: de acordo com o nosso Relatório Anual, somente em 2017, elas foram responsáveis por apenas 25% do total de indenizações pagas, frente a 75% dos homens.

O que leva uma pessoa a ter medo de dirigir?

Primeiramente, precisamos reconhecer que, da perspectiva psicológica, o ato de dirigir é complexo, já que envolve diversas competências cognitivas, como habilidades e atitudes. Você parou para pensar não é à toa que existe o teste psicológico para a emissão da CNH? Pois é! ;)

Tendo como base essa perspectiva e, pelo fato de ser um problema de ansiedade, o medo de dirigir é geralmente ocasionado por um estímulo anterior, como um sentimento de raiva ou vergonha. Entram aqui, por exemplo, eventuais traumas passados, o trânsito mais carregado das grandes metrópoles e, até mesmo, a insegurança gerada pela má formação de motoristas.

Reconhecer para vencer o medo

Não conseguir levar sua família para algum lugar é apenas um dos transtornos que a fobia de dirigir pode provocar. Há quem chegue a perder oportunidades de emprego pelo medo de segurar o volante, pessoal. Se você é assim ou conhece alguém que se encaixa nesse perfil, saiba que o primeiro passo é reconhecer que a ajuda especializada é necessária.

Por isso, o ideal é procurar a psicoterapia para amenizar a ansiedade e conhecer a fundo qual a causa do seu problema. Outra dica bem legal é separar um tempo da sua rotina para fazer um curso específico sobre o tema. Você sabia que os Detrans do país afora, por exemplo, oferecem cursos gratuitos para a superação do medo de dirigir? É isso aí. =)

E aí, que tal aproveitar o nosso post para dar aquele recado bacana para um amigo que tem medo de pegar no volante? Não se esqueça de continuar ligado no nosso blog para mais novidades. ;)

Continuar lendo

O que estamos fazendo para combater as fraudes no Seguro DPVAT?

combate-fraudes-dpvat.png

Proteger o Seguro DPVAT contra fraudes é uma das principais atribuições da Seguradora Líder para garantir que os benefícios deste importante seguro social continuem atendendo a quem de fato precisa, pessoal. Pensando nisso, queremos te contar um pouco mais sobre como acontece o combate às fraudes por aqui. Vamos juntos?

Uma área totalmente dedicada

Aqui na Seguradora Líder, temos uma área inteirinha dedicada ao Combate às Fraudes, que é responsável por monitorar os processos envolvendo o pagamento do Seguro DPVAT a fim de detectar irregularidades e aplicar ações corretivas. O trabalho da área é baseado em um método utilizado por várias empresas em suas tecnologias antifraudes: o "Ciclo de Vida da Fraude", que consiste em etapas de prevenção, monitoramento, avaliação de risco e criação de pontos de controle. Bem legal, não é?

De olho nas novidades!

Desde o ano passado, as estratégias de Prevenção, Detecção e Investigação de fraudes têm ganhado destaque aqui na Seguradora Líder, com a contratação de profissionais com larga experiência no setor, além de implementação de novos critérios para análise das fraudes e aprimoramento dos nossos sistemas.

Mas não é só isso! Tem muito mais novidade acontecendo por aqui. Atualmente, temos uma força-tarefa permanente no Ministério Público para combate às fraudes e estamos estudando a realização de convênio com o Denatran para qualificar a base de dados de veículos, eliminando os inativos e duplicados.

Um universo de números

Você já sabe que, por aqui, gostamos muito de números. Por isso, queremos compartilhar alguns bem bacanas. Somente em 2017, através das estratégias que mostramos aqui em cima, 17.550 tentativas de fraudes foram evitadas e mais de 1.460 notícias crime foram apresentadas aos órgãos competentes. Além disso, atualmente, a Seguradora Líder tem ativos mais de 9 mil procedimentos criminais em diversos estados brasileiros, pessoal.

Você faz parte disso!

É isso aí! Sabia que você pode ajudar a Seguradora Líder a combater essa prática criminosa? Se souber de casos em que as pessoas solicitaram a indenização do Seguro DPVAT sem que tenham se ferido em acidente de trânsito ou que estejam falsificando documentos para obter este benefício, você pode denunciar no site da Seguradora Líder clicando aqui ou pelo telefone 0800 022 12 05. As ligações são gratuitas e em nenhum dos dois canais você precisa se identificar. ;)

E aí, gostou da viagem pelo universo do combate às fraudes aqui na Seguradora Líder? Deixe sua opinião aqui nos comentários. =)


Continuar lendo

Por dentro do Boletim Estatístico de fevereiro

boletim-estatistico-fevereiro.png

Imagine a seguinte cena: você entra no estádio do Maracanã e observa que metade do público é formado por pessoas que estão inválidas permanentemente. E se a gente te contar que esse é o retrato do trânsito brasileiro apenas nos últimos dois meses? É isso mesmo: de acordo com o Boletim Estatístico de Fevereiro da Seguradora Líder, 40.463 das 56.581 indenizações pagas pela Seguradora Líder no primeiro bimestre de 2018 foram destinadas à invalidez permanente.

Mas não é só isso, pessoal: nesse post, você vai ficar por dentro de muitos outros números que fizeram parte do universo das estatísticas do Seguro DPVAT nos últimos dois meses. Confira!

Invalidez permanente: 71% das indenizações pagas nos primeiros meses do ano

Vamos começar falando sobre os números alarmantes de indenizações pagas por invalidez permanente e não poderia ser diferente, pessoal. Somente nos meses de janeiro e fevereiro, esse tipo de indenização foi paga para 40.463 pessoas, um valor que corresponde a 71% do número total de indenizações pagas, que chegou a 56.581 no primeiro bimestre. E a galera da motoca, mais uma vez, foi a grande prejudicada: das indenizações pagas no período para acidentes com motocicletas, 76% foram para invalidez permanente e 7% para morte. =(

Indenizações por morte: redução que merece atenção

No trânsito e fora dele, toda vida vale muito! E as indenizações pagas por morte, apesar de registrar uma participação menor na quantidade de indenizações em relação às demais coberturas (11%) no último bimestre, ainda merece a nossa atenção. Você sabia que, do total de indenizações pagas por morte, 56% foram destinadas aos motoristas?

Pedestre, também vale ficar de olho!

Apesar dos motoristas terem ficado em primeiro lugar no ranking de indenizações pagas por acidentes fatais no período, isso não é motivo para os pedestres se descuidarem. Somente em janeiro e em fevereiro, 1.622 pedestres perderam a vida devido a acidentes de trânsito. Imagina quantos sonhos deixados pela estrada, hein, pessoal? Por isso, a gente reforça o recado para os pedestres: atenção e cuidado são uma dobradinha que nunca falha!

E aí, gostou de saber mais sobre os números das indenizações pagas pelo Seguro DPVAT nos últimos dois meses? A gente lembra que você pode acessar o nosso Boletim na íntegra, clicando aqui. Todo mês tem uma edição novinha te esperando! ;)


Continuar lendo

#DPVATExplica: como o beneficiário do Seguro DPVAT deve declarar a indenização no Imposto de Renda

seguro dpvat imposto de renda.png

Início de ano é época de acertar as contas com o Leão, não é mesmo, pessoal? Pensando nesse momento, preparamos um post bem bacana sobre um dos questionamentos que recebemos nas nossas redes sociais: como o beneficiário do Seguro DPVAT deve declarar a indenização recebida no Imposto de Renda? É hora de mais uma edição do #DPVATExplica! ;)

Benefício isento

É isso aí, pessoal! Ainda que não tributável, todo dinheiro recebido como compensação por alguma perda deve ser informado na Declaração Anual do Imposto de Renda (IR). Aqui, entram as indenizações pagas por seguradoras, como a do Seguro DPVAT, ou aquelas frutos de ações judiciais. ;)

Como funciona na prática?

Em primeiro lugar, é importante falarmos sobre os valores das indenizações pagas pelo Seguro DPVAT, que são de R$ 13.500 em caso de morte ou invalidez permanente e de até R$ 2.700 em caso de reembolso de despesas médico-hospitalares (DAMS).

Na hora de fazer a sua Declaração do Imposto de Renda, o valor da indenização que você recebeu deve ser informado na linha 26 (Outros) do Quadro "Rendimentos Isentos e Não Tributáveis". O embasamento legal dessa informação está no Decreto nº 3.000/1999 e na Instrução Normativa RFB Nº 1.500/2014, Art. 11, pessoal. =)

E aí, gostou da explicação? A gente lembra que, na série #DPVATExplica, a sua dúvida pode se tornar um post aqui no nosso blog. Que tal deixar a sua aqui embaixo? Nos vemos nos comentários! ;)


Continuar lendo

​O que estamos fazendo para aprimorar o Seguro para você?

seguromelhor.png

Além de ser a missão da Seguradora Líder, facilitar o acesso dos benefícios ao Seguro DPVAT é nossa prioridade por aqui. Por isso, reunimos algumas das ações para aprimorar a nossa operação. Vamos conferir juntos?

Grupos de Trabalho

Para aprimorar nossa entrega para os beneficiários diversos Grupos de Trabalho, compostos por integrantes de diversas áreas-chave da Seguradora Líder e representantes das Seguradoras Consorciadas, estão pensando em ações práticas. Somente no ano passado, esses grupos já trabalharam na entrega de versões simplificadas da Declaração de Ausência do Laudo do IML, da documentação de Comprovação de Ato Declaratório e do Termo de Autorização de Pagamento. E os resultados são expressivos, pessoal. Quer um exemplo? Somente em agosto de 2017, foi registrada redução de 2,79% em pendências da documentação de Comprovação de Ato Declaratório. É para comemorar! \o/

Digitalização de documentos

Através da tecnologia, acreditamos que podemos tornar o acesso ao Seguro DPVAT cada vez mais fácil para vocês, galera. Por isso, já é possível digitalizar os documentos necessários para dar entrada no pedido de indenização em diversos pontos de atendimento. Sabe o que isso significa? Agilidade na avaliação do processo e que os beneficiários poderão manter, em seu poder, a documentação original.

Planejamento Estratégico 2018-2022

Na semana passada, fizemos um post sobre o Planejamento Estratégico, com os direcionadores que guiarão a Seguradora Líder nos próximos anos. Esse plano é uma estratégia unificada e reflete o nosso esforço em garantir aos beneficiários o acesso simples, rápido e humanizado ao pagamento das indenizações e aos serviços do Seguro DPVAT, pessoal. Bem legal, não é?

Aprimoramento do serviço de autoatendimento e reembolso

Para finalizar com chave de ouro, vamos falar sobre dois pontos bem bacanas. O primeiro deles foi o aprimoramento do serviço de autoatendimento, que agora permite aos beneficiários acompanhar a situação de processos de matéria simplificada pelo nosso site. Quer conferir? Basta clicar aqui. Outra importante mudança foi no processo de reembolso de despesas médico-hospitalares (DAMS), até então feito por uma prestadora de serviços internos e que, agora, será realizado integralmente por uma equipe da Seguradora Líder. ;)

Temos muitas outras novidades para esse ano, pessoal. Vale ficar ligado aqui no nosso blog. Esperamos por vocês nos comentários! \o/


Continuar lendo

Página 1 de 4
1234