Ir para conteúdo principal Ir para menu principal Ir para menu do rodapé Ir para menu Categoria Ir para menu Arquivo
Logon

Viver Seguro no Trânsito

Nós estamos fazendo nossa parte. E você?
Início do conteúdo

Nós somos o trânsito: confira o especial da Semana Nacional do Trânsito 2018

especial-semana-nacional-do-transito-1.png

Alô, galera! Adivinha só? Hoje começa a Semana Nacional do Trânsito, data criada com o objetivo de envolver diretamente a sociedade e propor uma reflexão sobre a mobilidade urbana. Ações como essa são super importantes, especialmente quando vemos que a violência no trânsito se reflete em estatísticas como a do Seguro DPVAT. Nos oito primeiros meses do ano, foram mais de 216.023 mil indenizações pagas, sendo 26.032 mil destinadas a acidentes envolvendo morte. Bastante coisa! 😨

E, para marcar essa semana, que vai até o dia 25 de setembro, o Blog Viver Seguro no Trânsito trará uma série de curiosidades, iniciativas de empresas em todo o Brasil para prevenir acidentes de trânsito, o que mudou desde a criação do Código Brasileiro de Trânsito (CTB), os tipos de acidentes mais frequentes no país, dentre outros temas. Já viu que você não pode ficar de fora dessa, não é? Vamos lá! 😉

Como surgiu a Semana Nacional do Trânsito?

A Semana Nacional do Trânsito, comemorada anualmente entre os dias 18 e 25 de setembro, foi criada com a finalidade de conscientizar a sociedade sobre os cuidados básicos que todos os personagens do trânsito – motoristas, passageiros ou pedestres – devem ter.

Todos os anos, o Conselho Nacional do Trânsito (CONTRAN) define um tema a ser trabalhado pelos órgãos do Sistema Nacional do Trânsito e pela comunidade e, nesse ano, o escolhido foi "Nós somos o trânsito". Bem legal, não é? 💕

Década de Ação pela Segurança no Trânsito (2011-2020) e PNATRANS

Juntos, podemos salvar milhões de vidas! Esse é o mote da Década de Ação pela Segurança no Trânsito (2011-2020), ação criada pela Organização das Nações Unidas (ONU) para reduzir os acidentes de trânsito pela metade até 2020 e que caminha juntinho com a Semana Nacional do Trânsito.

Em 2011, quando esse acordo passou a vigorar em vários países do mundo, em média, 24 pessoas de 100 mil habitantes morriam nas rodovias brasileiras, um dado bastante alarmante. Sete anos depois, apesar da violência no trânsito, colecionamos alguns avanços. Um deles é o Plano Nacional de Redução de Mortes e Lesões no Trânsito, o PNATRANS, aprovado no início do ano e que também tem como principal objetivo reduzir pela metade o índice de mortes por grupos de habitantes e de veículos. 💕💕

Qual o papel da Seguradora Líder como agente de mudança?

Assim como a Semana Nacional do Trânsito afirma, a construção de um trânsito cada vez melhor é papel de todos nós. Aqui na Seguradora Líder, isso não é diferente. Por isso, além do próprio Blog Viver Seguro no Trânsito e cientes da nossa responsabilidade em gerar estatísticas para apoiar políticas públicas de educação no trânsito, encomendamos ao Instituto Datafolha uma pesquisa nacional para avaliar a percepção da população sobre o comportamento do brasileiro no trânsito. 

De acordo com a pesquisa, para 72% dos brasileiros o uso do celular enquanto se está dirigindo, seja escrevendo ou lendo mensagens de texto, é a infração que mais cresceu nos últimos anos. Você já tinha parado para perceber isso? Se sua resposta foi não, é só reparar no quanto a nossa relação com o celular mudou nos últimos anos. 👀

Mas não é só isso! Logo em seguida, 55% da população opinou como principais causas de acidentes a velocidade acima do permitido e, 51%, a direção sob efeito de bebidas alcóolicas. Por meio desses resultados, parece que temos todos os insumos para mudar essa realidade, não é mesmo? Fica a reflexão! 🤔

Todos os dias as atitudes que tomamos são fruto das nossas escolhas. Somos nós que escolhemos se vamos ou não colocar a nossa vida e a das outras pessoas em risco cada vez que assumimos um papel ativo no universo do trânsito. Portanto, faça uma escolha consciente: opte pela gentileza e pela segurança no trânsito. Afinal, juntos, #NósSomosoTrânsito! Esperamos você nos comentários! 💕


Continuar lendo

Entenda a cobertura de invalidez permanente do Seguro DPVAT

Imagine um espaço duas vezes maior que o Maracanã com pessoas que sofreram acidentes de trânsito e ficaram com alguma sequela permanente. Se você achou essa informação improvável, o Boletim Estatístico de Julho da Seguradora Líder mostra que, somente nos sete primeiros meses do ano, a cobertura por invalidez permanente representou 69% do total de indenizações pagas, cerca de 134.710 casos. Muita coisa, não é?

Nesse post, além de ficar por dentro do processo para análise e pagamento da indenização, você também vai conferir algumas curiosidades sobre essa cobertura do Seguro DPVAT. Continue acompanhando e não esquece de dizer para a gente o que você achou nos comentários. 😌

Quando a vítima está habilitada para pedir indenização por invalidez permanente?

A vítima precisa terminar o tratamento médico primeiro. Se após a alta for constatada alguma sequela permanente, ela deverá apresentar um laudo definitivo, emitido pelo Instituto Médico Legal (IML) ou pelo médico responsável pelo tratamento, que ateste sua lesão como permanente. Você sabia que, somente em 2018, a média de pedidos de indenização negados por motivações como falta de sequela; pacientes ainda em tratamento; e por sequelas não indenizáveis chegou a cerca de 19%? Vale ficar de olho!

E como os casos são analisados?

As atividades de análise da documentação médica associadas aos pedidos de invalidez permanente foram internalizadas no final do ano passado. Dessa forma, uma equipe da Seguradora Líder passou a responder por todo o processo, de ponta a ponta, permitindo o aprimoramento dos prazos de pagamento e garantindo indenizações ainda mais justas para todo mundo. A análise para a liberação das indenizações é feita através da documentação apresentada pelo beneficiário ao fazer a solicitação que, no caso da invalidez permanente, inclui o laudo médico conclusivo.

E de acordo com dados da Seguradora Líder, em dezembro de 2017, mês de implantação da internalização, cerca de 8,2% dos pedidos de indenização eram pagos sem a marcação de perícia médica. Em junho deste ano, esse percentual chegou a 16,4%. Ou seja, um crescimento de 100%.

A Seguradora Líder possui médicos que trabalham na análise dos pedidos?

Essa é uma dúvida bem comum por aqui e a resposta é sim! O time de médicos da Seguradora Líder inclui profissionais com pós-graduação em Perícia Médica, e especialidades como Medicina do Trabalho, Otorrinolaringologia, Odontologia, Ortopedia, Endocrinologia, Dermatologia, Gastroenterologia, Obstetrícia, Cardiologia, Hemodinâmica, Clínica Médica, Clínica Cirúrgica, entre outras. Eles também têm experiências diversas no mercado de trabalho como, por exemplo, em emergências dos maiores hospitais públicos das grandes capitais do país, como professores universitários, auditores médicos, e peritos da Secretaria de Estado da Justiça (SEJUS) e Tribunal de Justiça do Estado do Rio de Janeiro (TJ/RJ). Bem legal, não é? 😉

Mas por que médicos com tantas especialidades diferentes?

A Seguradora Líder conta com uma equipe médica multidisciplinar justamente com o objetivo de decidir rapidamente qualquer tipo de questão associada aos acidentes de trânsito. Uma equipe tão abrangente se faz necessária já que as lesões dos acidentes de trânsito não são, necessariamente, ortopédicas, precisando ser avaliadas por médicos das mais diferentes especialidades. 😉

E aí, pessoal? Gostou de ficar por dentro de tudo o que está acontecendo por aqui? Continue ligado no Blog Viver Seguro no Trânsito para ter acesso a tudo no universo do Seguro DPVAT. Nos vemos nos comentários! 💕



Continuar lendo

Drogas ao volante, um problema mundial

Por Rodolfo Rizzotto, Coordenador do SOS Estradas

Com o aumento do consumo de drogas em alguns países, os acidentes envolvendo motoristas sob efeito dessas substâncias vêm crescendo exponencialmente. Somente no Reino Unido, no ano passado, cerca de 8 mil condutores perderam a habilitação ao serem flagrados usando drogas ao volante.

Essa realidade não é diferente no Brasil, onde o transporte de cargas e passageiros – através de caminhões e ônibus – apresenta dados assustadores, especialmente em função da exploração do trabalho dos motoristas profissionais que, muitas vezes, consumiam drogas para conseguir dirigir sem dormir.

Nesse sentido, em março de 2016, nosso país deu um grande passo, tornando obrigatório o exame toxicológico de larga janela, o qual, através de uma pequena coleta de cabelo, pelos ou unha, consegue detectar se a pessoa é usuária regular de drogas. Nos dois primeiros anos de aplicação desse exame, nada menos de 1,2 milhão de condutores das categorias C, D e E não tiveram essas CNHs renovadas, sendo que, cerca de 900 mil ficaram sem habilitação e os demais pediram mudança para a categoria B, que permite a direção de carro e ainda não exige o exame.

O fato é que o combate ao consumo de drogas é também uma responsabilidade de quem usa, afinal, afeta a segurança de todos, especialmente no trânsito. É urgente e necessário atuar no sentido de desestimular o consumo de drogas e estimular os avanços tecnológicos, como o exame toxicológico através do cabelo, que permitem aplicar políticas de prevenção.

É necessário verificarmos que a tecnologia para desestimular o consumo de drogas existe e, usando essa poderosa arma, seremos capazes de reduzir os acidentes, a violência urbana e, principalmente, salvar vidas no trânsito.

Gostou do artigo? Clique aqui para conhecer o site do SOS Estradas, um programa que visa reduzir os acidentes e aumentar a segurança nas rodovias.

Continuar lendo

Superação: conheça a história de um dos participantes do Programa Recomeço

O Programa Recomeço, que tem a missão de dar apoio na ressocialização, qualificação e recolocação de beneficiários do Seguro DPVAT no mercado de trabalho, é sobre histórias. E histórias de pessoas que mostram que é possível recomeçar após um acidente de trânsito. Hoje, queremos te convidar para conhecer a história de Fernanda Silva, gaúcha de 31 anos, que teve a vida completamente mudada após um acidente de trânsito, em 2011. Esperamos que você se sinta tão inspirado quanto a gente por aqui, viu? Confere só! 😉

Uma vida normal na capital gaúcha

Nascida em Porto Alegre, no Rio Grande do Sul, antes do acidente Fernanda trabalhava em uma clínica de oftalmologia. “Esse emprego foi muito importante para mim, porque, em menos de três meses de admissão, já havia assumido uma grande responsabilidade, que era ajudar a cuidar de vários setores”, destacou Fernanda.

O dia que mudou a vida da Fernanda

Numa manhã de 2011, perto do ano novo, Fernanda estava em sua moto se dirigindo ao lugar onde trabalhava. No caminho, atropelou um cachorro e, ao cair, quase foi atropelada por um carro. O resultado foi uma lesão no ombro, que iniciou um longo período de recuperação. “Depois do acidente, simplesmente achava que iria fazer a cirurgia, mas levou 6 meses. Quando consegui operar, ela deu errado”, relembra. Com a demora e as dores consequentes do erro, Fernanda entrou em depressão.

O início de uma mudança de vida

Sendo ajudada pela avó, após o acidente Fernanda conseguiu, com muita dificuldade, completar o curso técnico de enfermagem. “Através do curso, quis provar para todos que um acidente de trânsito não deve ser o fim”, afirma, com orgulho, defendendo a escolha da profissão. Em 2016, Fernanda decidiu vir para o Rio de Janeiro buscar tratamento em um hospital de referência. No Rio, sem conhecer ninguém, trabalhou nos Jogos Olímpicos e Paralímpicos Rio 2016, além de fazer figuração.

O Recomeço

Em agosto desse ano, junto com outras 16 pessoas, Fernanda começou o curso-piloto de qualificação do Programa Recomeço. No último dia 04 de setembro, concluiu a formação em um momento de muita emoção. Para ela, muito mais que um treinamento, “o Programa mostra que somos capazes de tudo e que não é preciso nem esconder e nem omitir o nosso verdadeiro eu. Antes, ficava com vergonha de falar sobre a minha deficiência e, hoje, quero inspirar pessoas através da minha história”, contou, emocionada. A gente nem precisa dizer que esse é, de fato, começo de um novo futuro, não é? 💕

Que história, não é, pessoal? 💕 Isso mostra que, através do Recomeço, a Seguradora Líder quer ir muito além do pagamento de indenizações e mostrar que um acidente de trânsito não deve ser o fim, mas uma chance de transformar os desafios em oportunidades. E aí, o que você acha da história da Fernanda? 😌 Deixe sua opinião aqui embaixo nos comentários e aproveita para fazer aquela visitinha no Portal Recomeço: www.seguradoralider.com.br/recomeco. 😉



Continuar lendo

Seguro DPVAT: estamos aqui para você

Na campanha "Estamos aqui para você", você confere histórias como a da Patrícia, única mulher entre 300 mototaxistas do Vidigal que, após sofrer um grave acidente, pediu o Seguro DPVAT e fez sua história seguir em frente.

"Estamos aqui para você". Chega mais e conta uma coisa para a gente: desde o último mês, quantas você viu essa frase na TV, nas redes sociais, nos jornais ou, até mesmo, na traseira de um ônibus? Essa frase é o conceito da nova campanha de mídia do Seguro DPVAT, que quer tornar o seguro do trânsito brasileiro cada vez mais acessível à população brasileira. Hoje, você é o nosso convidado para ficar por dentro de todos os detalhes dessa ação que tem deixado a gente bem animado por aqui. \o/ Confere só! 😉

Pessoas reais, histórias reais

Nós acreditamos que os principais protagonistas do Seguro DPVAT são os mais de 208 milhões de brasileiros. Por isso, a nossa nova campanha conta histórias de pessoas reais, que receberam o Seguro DPVAT depois de sofrer um acidente de trânsito. Agora, contamos três delas: da Patrícia, do André e da Renatrudes, que você pode conferir no nosso canal do YouTube, clicando aqui. Que tal aproveitar essa oportunidade para fazer a sua inscrição por lá, hein?! Tem muito conteúdo bacana rolando! 💕

Um site especial

Através da informação, conseguimos ficar cada vez mais próximos de você. E, para isso, preparamos uma landing page super especial onde, além das histórias dos nossos beneficiários, é possível conferir aspectos importantes do Seguro DPVAT, como a gratuidade para dar entrada – que pode ser feita pelo próprio beneficiário – e o fato do Seguro proteger todas as vítimas de acidentes de trânsito no território nacional, seja motorista, passageiro ou pedestre. Está imperdível, pessoal! Não perca tempo e acesse agora mesmo em: www.estamosaquiparavoce.com.br. 😉

Além de nos aproximar, através da Campanha de Mídia, a Seguradora Líder reforça o seu compromisso em prestar informações sobre esse importante instrumento de proteção do trânsito brasileiro. Quer saber mais? Então, continue ligadinho no www.estamosaquiparavoce.com.br ou fale com a gente pelos comentários. 😉



Continuar lendo

Educação no trânsito: como a Seguradora Líder está colaborando com isso?

A cada Boletim Estatístico divulgado pela Seguradora Líder, o número de indenizações pagas pelo Seguro DPVAT mostra que a realidade da violência no trânsito não muda. Mas então o que é possível fazer? Aqui na Seguradora Líder, acreditamos que a educação é o melhor caminho e temos várias ações. Continue acompanhando o nosso post para saber quais são. 😉

Parte do que você paga pelo Seguro DPVAT vai para a educação no trânsito

É isso mesmo! Você sabia que 5% do que valor arrecadado com o Seguro DPVAT vai diretamente para o Departamento Nacional de Trânsito (DENATRAN), para a realização de campanhas e outras iniciativas no âmbito da Política Nacional do Trânsito? Sim! 💕 Outros 45% são direcionados ao Sistema Único de Saúde (SUS) a fim de fazer frente aos custos de procedimentos médico-hospitalares decorrentes da assistência a vítimas de acidentes. Os 50% restantes é que constituem o montante efetivamente destinado à Seguradora Líder para o pagamento de indenizações e despesas operacionais e administrativas derivadas da operação do seguro obrigatório. São muitos os motivos para manter o seu DPVAT em dia, não é? 😉

Boletim Estatístico da Seguradora Líder

Mensalmente, a Seguradora Líder divulga o Boletim Estatístico, documento que contém os dados das indenizações pagas pelo Seguro DPVAT a fim que se tornem insumos para a construção de políticas públicas que contribuam para que o trânsito brasileiro se torne menos violento. Você pode dar uma olhadinha em todas as edições clicando aqui.

Pesquisa com o DataFolha também abordou comportamento no trânsito

Uma das ações mais recentes foi uma pesquisa nacional de percepção do Seguro DPVAT, em parceria com o Instituto DataFolha, que também mensurou a percepção dos brasileiros em relação ao comportamento no trânsito. Como resultado, cerca de 78% da população brasileira acredita que o uso do celular ao dirigir provoca acidentes de trânsito; 70% que o consumo de álcool também é responsável pela ocorrência de acidentes; 80% que as penas deveriam ser mais duras e 50% que a fiscalização atual de trânsito é insuficiente. Bem legal, não é? Clique aqui para acessar a nossa Newsletter e conferir alguns resultados da pesquisa.

Prevenção: você também vê por aqui!

E, para finalizar esse post, você que este blog também é uma ação da Seguradora Líder para reforçar o seu compromisso com a sociedade? É isso aí! Fazemos isso trazendo informações não só sobre o Seguro DPVAT, mas também abordamos questões voltadas para a prevenção de acidentes e educação no trânsito em nossos posts. É muito amor envolvido! 💕

Através desse post, queremos mostrar para você que nossa proteção vai muito além do Seguro DPVAT: também nos importamos bastante com a construção de um trânsito cada vez mais seguro para todos os que fazem parte dele. E aí, gostou de saber dessas novidades? Então, é só deixar sua opinião aqui nos comentários. Esperamos por você!💕



Continuar lendo

Você conhece os seguros obrigatórios de trânsito em todo o mundo?

Você sabia que o seguro obrigatório de trânsito não é apenas uma realidade brasileira? Nesse post, reunimos características de alguns dos principais seguros obrigatórios de trânsito espalhados pelos cinco continentes. Vem com a gente para ver que existe um mundo além do Seguro DPVAT! Vamos lá! 😉

Ásia 🌏

Na Indonésia, por exemplo, assim como o Seguro DPVAT, o seguro obrigatório também é condição indispensável para o processo de licenciamento dos veículos. A diferença está no tipo de cobertura que, na Indonésia, além de prever indenizações em caso de danos pessoais, também inclui danos materiais. Na Rússia, a realidade não muda muito. Conhecido pela sigla "OSAGO" (ОСАГО), ele é de responsabilidade civil e também indeniza em caso de danos pessoais ou materiais. Bem interessante, não é? 😉

América 🌏

Falar da América é falar de um continente repleto de países e de particularidades, pessoal. Por isso, queremos começar falando sobre o que está lá no topo do mapa: o Canadá. Por lá, o seguro também é estabelecido por Lei e leva o nome de "auto insurance". Esse seguro cobre o proprietário e os eventuais passageiros, pedestres e seus bens materiais em caso de acidentes de trânsito e suas regras são bastante rígidas: ao dirigir um carro sem o seguro, você corre o risco de ter sua carteira suspensa, o veículo apreendido e levar uma multa alta. 😱

Já na América do Sul, além do Seguro DPVAT, também há opções obrigatórias no Peru, Colômbia e Chile, por exemplo, que, assim como o irmão brasileiro, cobrem os danos pessoais, como morte, invalidez permanente e despesas médico-hospitalares em decorrência de um acidente de trânsito.

Na América do Sul também é possível encontrar o "Carta Verde", seguro obrigatório para automóveis registrados em seus países de origem que estejam em viagem internacional pelo Mercosul. Muitas vezes confundido com o DPVAT, ele tem como característica o fato de cobrir danos pessoais e materiais causados a terceiros que não estejam sendo transportados pelo veículo segurado.

Europa 🌏

Ao registrar um carro em qualquer um dos 28 países integrantes da União Europeia, é necessário fazer um seguro que garante cobertura em caso de acidente que cause danos materiais ou físicos a qualquer pessoa que não seja o condutor do veículo. Em caso de despesas tradicionalmente não cobertas por esse seguro, como os danos materiais, é possível contratar o chamado "seguro adicional facultativo", que alarga a sua cobertura contra todos os riscos, como furto e roubo e atos de vandalismo. Você sabia disso? ;)

África 🌏

Os seguros de trânsito também são uma realidade na África e separamos os exemplos da Nigéria e da África do Sul. Na Nigéria, o seguro é obrigatório e possui duas coberturas: terceiros ou responsabilidade civil. Enquanto a cobertura para terceiros no país tem como característica o pagamento de indenizações para mortes e lesões corporais para todos os envolvidos nos acidentes, com exceção dos motoristas, o seguro de responsabilidade civil garante a proteção do motorista bem como de itens pessoais. Já na África do Sul, parte do valor pago ao Governo pelo combustível vai diretamente para o "Road Accident Fund" (em tradução livre: "Fundo de Acidentes Rodoviários"), que somente compensa terceiros em acidentes. 😁

Oceania 🌏

Quando falamos desse continente, o primeiro país a vir na nossa mente é a Austrália, não é mesmo? E é justamente dela que vamos falar. No país dos cangurus, o Seguro Obrigatório, conhecido como "Compulsory Third Party (CTP)" , está diretamente ligado ao registro de um veículo e abrange morte ou lesão às pessoas causadas por culpa do proprietário do veículo ou motorista. 😉

Como você pôde ver, o Seguro DPVAT não é o único seguro obrigatório em relação ao trânsito no mundo. Recentemente, a Seguradora Líder, administradora do Seguro DPVAT no país, com o apoio de uma consultoria internacional, estudou alguns dos modelos de seguros que você viu aqui em cima com o intuito de aprimorar esse importante benefício social. Clique aqui para dar uma olhada. 💕



Continuar lendo

#DPVATExplica: saiba mais sobre a restituição do pagamento do Seguro DPVAT

Alô, galera! A gente não poderia encerrar o mês de agosto sem um #DPVATExplica, não é? 😉 E hoje, queremos falar sobre uma dúvida muito frequente nas nossas redes sociais: a restituição, também conhecida como devolução do pagamento do prêmio do Seguro DPVAT. Continue ligado no nosso post para saber mais e, se tiver alguma dúvida, já sabe: é só chamar a gente aqui embaixo nos comentários. 👇

Em quais casos é possível solicitar a restituição de pagamento?

Opa! Essa é uma dúvida bem recorrente. A restituição de pagamento do Seguro DPVAT pode ser solicitada em caso de pagamento em duplicidade, pagamento de um valor superior ao do prêmio ou pagamento indevido. 😉

Qual é o procedimento a ser realizado?

Para pedir a restituição do pagamento do Seguro DPVAT, você deverá clicar aqui para acessar o site institucional da Seguradora Líder e imprimir a chamada "Solicitação de Restituição do Pagamento do Prêmio do Seguro DPVAT".

Fique atento ao preenchimento dos dados, que devem ser do proprietário do veículo, e encaminhe junto com cópias do RG, CPF, CRLV e comprovante de pagamento do prêmio, para a Caixa Postal 580 – CEP 20010-974 – Centro – RJ. Fica a dica, galera: as cópias dos documentos devem estar em nome do proprietário do veículo, viu? Anota aí! ✏📄

Tempo para realização da restituição

O tempo estimado de restituição é de 30 dias após o encaminhamento da documentação para a nossa Caixa Postal. O pagamento é feito na conta corrente ou poupança do próprio proprietário do veículo, conforme informado na Solicitação de Restituição. Se surgirem dúvidas sobre esse prazo, é só entrar em contato com a nossa Central de Pagamentos, pelo telefone 0800 701 3427. Estamos aqui para você! 💕

Mas por que é importante apresentar a documentação correta?

A apresentação da documentação completa é indispensável para que a Seguradora Líder também possa se ressarcir junto ao Fundo Nacional de Saúde (FNS) e ao Departamento Nacional de Trânsito (Denatran) das parcelas de 45% e 5% repassadas, respectivamente, pelo Seguro DPVAT. Além disso, permite que você receba sua restituição mais rápido. Tá vendo? Todo mundo sai ganhando. 😌

E aí, gostou de saber como funciona a restituição de pagamento do Seguro DPVAT? A gente aproveita para reforçar o recado: se tiver alguma sugestão de tópico que possa virar um post, é só deixar o seu comentário aqui embaixo. Esperamos por você! 😉



Continuar lendo

Por dentro do Portal do Programa Recomeço

​No dia 07 de agosto, a Seguradora Líder lançou uma ferramenta de apoio muito importante ao Programa Recomeço: o Portal de Conteúdo e Oportunidades. Essa plataforma digital, além de permitir a disponibilização de vagas pelas empresas parceiras e o cadastramento dos beneficiários do Seguro DPVAT interessados em recolocação profissional, conta com notícias semanais sobre a inclusão no mercado de trabalho brasileiro e histórias de superação. Bem legal, não é? Nesse post, vamos te deixar por dentro de todos os detalhes do Portal. Confira! 😉

Um novo futuro começa agora: conheça o Portal de Oportunidades

Já contamos para você que queremos ir além do pagamento de indenizações do Seguro DPVAT, sendo uma facilitadora para que o mercado cumpra a Lei de Cotas para os PCDs que, atualmente, representam menos de 1% das pessoas com deficiência incluídas no mercado. Na prática, estamos fazendo isso através do Portal de Oportunidades, disponível dentro do Portal Recomeço, nesse link. Para saber como ele funciona e como realizar o seu cadastro, sendo beneficiário ou empresa, é só continuar acompanhando o nosso post. 😌

Como faço para me inscrever?

Opa, essa é uma pergunta bem frequente e estamos aqui para esclarecer! Para fazer parte do banco de dados do Programa Recomeço e acompanhar a abertura de vagas de emprego, é preciso fazer o cadastramento do currículo no Portal de Oportunidades, disponível na área “Login” do Portal Recomeço, clicando aqui.

Quem pode participar?

O Programa Recomeço e o Portal de Oportunidades estão disponíveis, de forma gratuita, para beneficiários do Seguro DPVAT. Assim que ele inserir seu CPF para fins de cadastramento na página, será feito um cruzamento com a base de dados do Seguro DPVAT para checagem se a pessoa é, de fato, um beneficiário. Vale lembrar que, neste momento inicial, as vagas que estão sendo disponibilizadas são no Rio de Janeiro, mas nossa ideia é alcançar todo o Brasil através do projeto, viu, pessoal?

Sou empresa e quero me inscrever. Como devo proceder?

Apesar das primeiras empresas convidadas para participar do Recomeço serem do mercado financeiro e segurador, o Portal de Oportunidades já está disponível para qualquer empresa que queira fazer parte da iniciativa, em todo o Brasil. Para participar, basta enviar um e-mail solicitando seu cadastro para o e-mail recomeco@seguradoralider.com.br. A gente esclarece que não há nenhum tipo de investimento por parte das empresas, bastando apenas ofertar as suas oportunidades de emprego. Não perca a chance de nos ajudar a reconstruir essas histórias juntos! Todo mundo sai ganhando! ❤

Notícias, histórias e muito mais!

Por aqui, acreditamos que a informação é capaz de mudar a realidade em que vivemos. E, no Portal Recomeço, isso não é diferente! Por isso, lá você acessa notícias sobre o mercado de trabalho, com dicas práticas de como se comportar em processos seletivos, histórias de superação para te dar aquela motivação. Clique aqui para conferir tudo na íntegra e, se tiver alguma sugestão de tema, é só deixar aqui nos comentários.

Através do Portal Recomeço, queremos ficar cada vez mais próximos de você e mostrar que o papel da Seguradora Líder vai muito além do pagamento de indenizações: também queremos colaborar com a ressocialização dos beneficiários do Seguro DPVAT. Se surgir alguma dúvida sobre o funcionamento do Portal, é só falar com a gente aqui nos comentários, viu? Esperamos por você! 😉

Continuar lendo

Dia Nacional do Ciclista: uma viagem pelo universo das bicicletas

Bike, magrela, camelo, kalanga, zica... são muitos os apelidos para a bicicleta, mas a verdade é uma só: ela, certamente, ocupa um espaço muito grande no coração dos brasileiros. ❤ Hoje, no Dia Nacional do Ciclista, queremos contar um pouco mais da sua história, suas curiosidades e como ela pode te ajudar a adotar um estilo de vida mais saudável. Confere só! 😉

Uma viagem no tempo

Sabia que faz 201 anos que foi lançado o primeiro modelo de bicicleta? É isso aí! A bicicleta do barão alemão Karl von Drais, de 1817, é considerada a pioneira. Batizada de "máquina corredora", ela era feita de madeira e funcionava com o impulso dos pés. O objetivo da sua criação foi oferecer um meio de transporte mais barato e fácil de manter que os cavalos. 😱 Dá só uma olhadinha em como ela era e conta para gente nos comentários o que você achou. 😉

bicicleta-von-drais.jpg 

Fonte: Gun Powder MA/Wikimedia

Será que você precisa mesmo ter um carro?

De acordo com estudo publicado no British Medical Journal, importante publicação da área médica, o chamado "deslocamento ativo" ou seja, ir de bicicleta ou a pé para atividades cotidianas, como o trabalho, está relacionado a um risco de morte 41% inferior comparado com o deslocamento feito de carro ou em transporte público. E não para por aí! Quem vai para o trabalho pedalando sofre um risco 52% menor de morrer de doença cardíaca e 40% menor de morrer de câncer.

Além de cuidar da sua saúde, ao adotar a bicicleta, você corta gastos como combustível, estacionamento, trocas de óleo, balanceamento, mecânico e eventuais retoques. Isso sem contar que as peças e eventuais reparos de uma bicicleta têm custo muito baixo quando comparados com os de um automóvel. E aí, depois desses dados, será que você precisa mesmo ter um carro? 😉

Cidade da bicicleta: o exemplo de Roterdã, na Holanda

As cidades do mundo todo estão investindo cada vez mais no transporte via bicicleta! E como por aqui a gente gosta muito de exemplo, vamos falar de Roterdã, na Holanda. Estudos afirmam que, dos 600.000 habitantes da cidade, cerca de 70.000 utilizam a bicicleta no seu deslocamento diário. Muita gente, não é? Imagina no Brasil! Por isso, a Prefeitura da cidade instalou alguns semáforos de ciclovia com sensores de temperatura infravermelhos. O objetivo é descongestionar a cidade, favorecendo o tráfego não-poluente. Se você também gosta de bike como a gente, dá até aquela vontade de fazer uma visitinha à Holanda, não é? ❤

O que o CTB fala sobre a bicicleta?

Quem circula de bike também tem direitos e deveres, pessoal! De acordo com o Código de Trânsito Brasileiro (CTB), é necessário que a bicicleta tenha buzina, espelho e adesivos refletores na frente, atrás, nas laterais e nos pedais. Você sabia disso? 😱

Outro ponto importante é que não adianta deixar o carro em casa e ir para o bar de bicicleta, galera: o ciclista alcoolizado, apesar de não ter pontos para perder na carteira, nessa condição, pode ser multado e até preso. É bom ficar de olho!

A bicicleta na cultura popular

O Blog Viver Seguro no Trânsito também é cultura, galera! E tem vários filmes sobre bicicleta por aí, tais como "As Bicicletas de Belleville", "O Escocês Voador", "Competição de Destinos - American Flyers", "Perigo por Encomenda" e "O Caminho das Nuvens". E gente não poderia deixar de falar do mais famoso de todos, o "E.T. – O Extraterrestre" que tem uma das cenas com bicicleta mais famosa da história do cinema! Muito amor! ❤ E aí, que tal aproveitar o final de semana para assistir pelo menos um deles?

É verdade que nunca esquecemos como andar de bicicleta?

E, para encerrar esse super post, queremos matar a sua curiosidade a respeito da pergunta desse título: sim, é verdade! Isso acontece porque o sistema nervoso tem como principal característica a capacidade de reter informações nos neurônios e na rede formada por eles. No caso das atividades motoras, as informações para executar os movimentos ficam armazenadas no chamado sistema extrapiramidal, no cérebro. Quando essa parte é estimulada, o conhecimento pré-adquirido surge automaticamente e você está pronto para andar de bicicleta como se fosse a primeira vez! \o/

E aí, gostou da nossa viagem pelo universo das bikes? Tem alguma história legal com a bicicleta para compartilhar com a gente? Então, é só deixar seu comentário. Esperamos por você! ;)


Continuar lendo

Página 1 de 34
12345678910...