Ir para conteúdo principal Ir para menu principal Ir para menu do rodapé Ir para menu Categoria Ir para menu Arquivo
Logon

Viver Seguro no Trânsito

Nós estamos fazendo nossa parte. E você?
Início do conteúdo

Mais de 42 mil indenizações do Seguro DPVAT foram destinadas para adultos de 25 a 44 anos

No mês da conscientização sobre a violência no trânsito, a Seguradora Líder lançou um Relatório Estatístico apresentando os dados dos pagamentos do Seguro DPVAT nos primeiros três meses de 2020. De acordo com os dados apresentados nos boletins anteriormente pela Seguradora Líder, as indenizações concentravam-se nos jovens, entre 18 e 34 anos. Porém, houve uma mudança nos dados do último trimestre. Quer conferir? Fica ligado no post!

Das mais de 89 mil indenizações pagas para vítimas de acidentes de trânsito, a faixa etária de 25 a 44 anos representou 48% do total de sinistros pagos. Isso mesmo, 42.709 indenizações destinadas aos adultos. Este comportamento mostra uma mudança em relação aos outros relatórios, onde a faixa etária mais indenizada eram os jovens de 18 a 34 anos. Interessante, não é mesmo?

Se analisados todos os tipos de vítima nessa faixa etária, as motocicletas são os veículos que mais são indenizados, representando cerca de 83%, somando 35.501 sinistros pagos. Outra informação legal que pode ser observada através dos dados divulgados, são os casos envolvendo motoristas que representaram 65% das indenizações totais.

Em relação as coberturas oferecidas pelo Seguro DPVAT, a porcentagem de casos de pessoas da faixa etária de 25 a 44 anos que sofreram alguma sequela permanente foi de 69%, somando mais de 29 mil casos. Bem triste não é mesmo?

Quer saber mais sobre os números do Relatório Estatístico? Clique aqui.


Continuar lendo

No Dia Continental do Seguro, conheça o DPVAT

O Dia Continental do Seguro é comemorado em 14 de Maio e é o momento para ressaltar a importância dos seguros para a sociedade. E neste dia tão especial, queremos falar sobre o único seguro que oferece coberturas para todos os brasileiros em caso de acidente de trânsito: o Seguro DPVAT. Ficou curioso? Então é só conferir o nosso post!

O que é o Seguro DPVAT?

O Seguro DPVAT é reconhecido como um relevante instrumento de proteção social dos mais de 210 milhões de brasileiros dentro das coberturas de morte, com indenização de R$ 13.500; invalidez permanente, com indenização de R$135 até R$ 13.500, sendo o valor estabelecido de acordo com o local e intensidade da sequela; e reembolso de despesas médicas e suplementares (DAMS), com valor que pode chegar a R$ 2.700

Prazo do Seguro DPVAT:

Fique atento aos prazos do Seguro DPVAT! A proteção é assegurada por um período de até 3 anos dentro das três coberturas previstas em lei. Portanto, em casos de morte, o prazo é de 3 anos, contados a partir da data do óbito. Em casos de reembolso de despesas médicas, o prazo é de 3 anos, contados a partir da data do acidente. E, nos casos de invalidez permanente, o prazo é de até 3 anos a contar da data da ciência da invalidez.

Pedidos de indenização sem sair de casa:

O Seguro DPVAT conta com duas opções para dar entrada no pedido, sem que você precise sair de casa. A Central de Atendimento, disponível por meio do 4020-1596, para capitais e Regiões Metropolitanas, e 0800 022 12 04, para outras regiões, de segunda a sexta-feira, das 8h às 20h e o aplicativo do Seguro DPVAT que pode ser encontrado nas lojas de smartphones Android ou IOS.

Envio de documentos pendentes:

Caso você já tenha dado entrado no seu pedido de indenização do Seguro DPVAT e ficou com a situação pendente por falta de documentação, o site https://documentospendentes.seguradoralider.com.br/ é a plataforma que aceita o envio dos documentos pendentes digitalizados. Para ter acesso, basta ter em mãos o número do CPF e o número do sinistro.

Restituição do valor do Seguro DPVAT 2020

Para quem pagou o Seguro DPVAT 2020 com o valor do ano passado, o serviço de restituição do valor pago a mais está disponível através do site: https://restituicao.dpvatsegurodotransito.com.br/. A devolução da diferença dos valores pagos é realizada diretamente na conta corrente ou conta poupança do proprietário do veículo.

Fale com a gente!

Se surgir uma dúvida e você quiser falar com a nossa equipe, não tem problema! Estamos aqui para você, basta acessar o chat da nossa página do Facebook, clicando aqui, que iremos te atender e ajudar no que for possível ;)

Curtiu o post? Quer saber mais sobre o Seguro DPVAT? Envie seu comentário para gente!


Continuar lendo

Maio Amarelo: Conheça a campanha de 2020


Você sabia que, somente nos primeiros três meses de 2020, o Seguro DPVAT pagou mais de 89 mil indenizações e reembolsos de despesas a vítimas de acidentes de trânsito e seus beneficiários? Pois é, apesar de estarmos, atualmente, em período de isolamento social devido à pandemia do novo coronavírus, os números reforçam a necessidade de conscientização da importância da educação no trânsito. É esta mobilização que o Maio Amarelo, que está na sua sétima edição, propõe por meio de uma campanha totalmente virtual. Quer saber mais? Fique ligado no nosso post!

Mudança de planos

No último dia 07 de abril, o Ministério da Infraestrutura divulgou que as ações presenciais, que costumam acontecer todos os anos dentro do Maio Amarelo, foram adiadas para o mês de setembro, devido as recomendações das autoridades de saúde pública pelo isolamento social, evitando a maior propagação do novo coronavírus (COVID-19). Para manter as discussões sobre o tema trânsito foi lançada, no último dia 29, de forma 100% digital, a campanha de 2020 com o tema “Perceba o Risco. Proteja a Vida”.

Sobre a campanha

O Maio Amarelo é uma importante celebração sobre o trânsito e foi instituído a partir de uma resolução da Assembleia Geral das Nações Unidas, baseada em estudos da Organização Mundial da Saúde (OMS), que definiu o período entre 2011 e 2020 como a “Década de Ações para a Segurança no Trânsito”. O objetivo deste ano é disseminar a importância do cumprimento das leis de trânsito em prol da segurança e da valorização da vida. A mobilização utilizará recursos como vídeos, GIF's, figurinhas para WhatsApp e postagens em redes sociais para conscientizar sobre o tema.


Continuar lendo

Contran libera aulas online para formação de condutores durante quarentena


Durante o período de isolamento social, o Conselho Nacional de Trânsito (Contran) tem contribuído com medidas para manter a população em casa. No último dia 29 de abril, foi publicada a Deliberação 189/20 que autoriza a realização das aulas teóricas do curso de formação de condutores na modalidade de ensino remoto durante o período de isolamento social. Quer saber mais? Confira o nosso post!

No tempo em que durar a quarentena por conta da pandemia do novo coronavírus, o candidato que manifestar interesse poderá assistir as aulas teóricas realizadas pelos Centro de Formação de Condutores (CFC) sem sair de casa. A medida tem como objetivo não prejudicar a população que tinha dado início ao processo de obtenção da Carteira Nacional de Habilitação (CNH). Para isso, as aulas teóricas devem manter a mesma carga horária, conteúdo programático e a duração.

A realização das aulas deverão contar com sistemas que atendem requisitos de segurança, tais como, validação de biometria facial dos instrutores e alunos no início das aulas e monitoramento do tempo de permanência dos candidatos na sala virtual durante o período de aula. O instrutor também deverá disponibilizar para os alunos uma interface que permite compartilhamento em tempo real de vídeo, áudio e tela do computador do dispositivo, para que as aulas agendadas sejam visualizadas pelos integrantes da turma.

Além disso, caberá ao instrutor realizar o cumprimento dos quesitos operacionais determinados pelo Contran e elaborar relatórios gerenciais com informações que também foram pré-definidas pela medida.

Para conferir a Deliberação 189/20 na íntegra, clique aqui.


Continuar lendo

Saiba como fazer o pedido de indenização do #SeguroDPVAT pelo telefone


Para facilitar o acesso dos beneficiários e vítimas de acidentes de trânsito ao Seguro DPVAT, a Seguradora Líder anunciou mais uma forma de dar entrada nos pedidos de indenização e reembolso de despesas médicas: a Central de Atendimento! Quer saber um pouco mais sobre esse serviço? Então fique ligado no passo a passo do post abaixo e anote todas as dicas!

1º passo: Canal de Atendimento


Para ter acesso ao atendimento telefônico, você precisa entrar em contato por meio do 4020-1596, para capitais e Regiões Metropolitanas, e 0800 022 12 04, para outras regiões, de seguda a sexta-feira, das 8h às 20h.

2º passo: Conversa com o atendente


No primeiro atendimento, você vai conversar com um atendente, que irá fazer algumas perguntas sobre o acidente, para entender em qual cobertura o beneficiário se encaixa.

3º passo: Pré-cadastro


Depois de identificada a cobertura, o atendente realizará um pré-cadastro com todas as informações passadas pelo beneficiário e encaminhará um e-mail com as orientações para que os documentos sejam encaminhados para a Seguradora Líder.

4º passo: Envio de documentos


Essa parte é muito importante! É quando o direito à indenização ou ao reembolso das despesas é comprovado. A documentação obrigatória deverá ser encaminhada por e-mail, completa e correta, para seguir para a análise da Seguradora Líder. Lembre-se de revisar todos os anexos e conferir se todas as informações estão legíveis.

5º passo: Aguarde!

O prazo para análise da documentação é de até 30 dias. Você pode conferir o andamento do processo através do nosso site, clicando aqui. Caso o pedido seja pendenciado pela falta de algum documento, o serviço também pode ser feito sem sair de casa, através do site: https://documentospendentes.seguradoralider.com.br/. Basta acessar e seguir o passo a passo ;)

Ficou com alguma dúvida depois desse tutorial? Não tem problema! Entre em contato com a gente, que iremos te ajudar!


Continuar lendo

Vencimentos da cota única do IPVA são prorrogados em 7 estados

O cenário mundial tem mudado drasticamente nos últimos meses diante da pandemia de Coronavírus (COVID-19) e, aqui no Brasil, sentimos cada vez mais os impactos. Na última semana, alguns Estados divulgaram, por meio de suas Secretarias de Fazenda, mudanças nos prazos de pagamento da cota única do Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores (IPVA) 2020.

Para os proprietários de veículos dos Estados do Amapá, Goiás, Maranhão e Mato Grosso, as datas da cota única do IPVA sofreram mudanças e, por isso, houve também prorrogação do prazo de pagamento do Seguro DPVAT. Confira abaixo as mudanças de acordo com o Estado:

Amapá: O vencimento para todas as placas e categorias de veículos passou para o dia 15 de abril.

Goiás: Sofreram alteração somente os finais de placa 1, 2, 3, 4 e 5, e agora, os proprietários destes veículos tem até o dia 6 de agosto para quitar o IPVA e o Seguro DPVAT.

Maranhão: Os vencimentos foram alterados para diferentes datas do mês de maio, de acordo com os finais de placa.

Mato Grosso: Sofreram alteração somente os finais de placa 4, 5, 6 e 7. Para os dois primeiros, os proprietários de veículos passam a ter até o dia 29 de maio para quitar a cota única e o Seguro DPVAT, enquanto para os dois últimos, o vencimento passou para o dia 28 de junho.

Rondônia: Sofreram alteração somente os finais de placa 1, 2 e 3, e agora, os proprietários destes veículos tem até o dia 30 de abril para quitar o IPVA e o Seguro DPVAT. Já os veículos com placa final 4 têm até o último dia útil de maio para quitar o pagamento.

Piauí: O vencimento para todas as placas e categorias de veículos passou para o dia 30 de junho.

Roraima: os vencimentos começam em 30 de junho e encerram em 30 de dezembro, a depender do final de placa de cada veículo.

As informações já estão atualizadas no site da Seguradora Líder e você pode conferir informando a sua UF, final da sua placa e categoria. Clique aqui e saiba mais. ;)

Tem mais alguma dúvida sobre o Pagamento do Seguro DPVAT? É só comentar que a gente te responde!

Continuar lendo

COVID-19: CNH e licenciamento de veículos tem prazo de validade estendido

Para conter a epidemia do novo Coronavírus (COVID-19) no Brasil, companhias e autoridades tem contribuído com medidas para manter a população em casa e diminuir o impacto da quarentena nas obrigações rotineiras. Quer saber como elas se encaixam no universo do trânsito? Fique ligado aqui no blog Viver Seguro no Trânsito!

No último dia 20 de março, o Conselho Nacional de Trânsito (Contran) publicou a deliberação nº 185, ampliando e interrompendo prazos de processos e procedimentos dos órgãos do Sistema Nacional de Trânsito. No documento, o órgão oficializou a extensão dos prazos de validade, por tempo indeterminado, das Carteiras Nacionais de Habilitação (CNH), vencida desde 19/02/2020. Este prazo aplica-se também para a Permissão de Dirigir (PPD). A deliberação inclui, ainda, a interrupção da expedição do Certificado de Registro de Veículo (CRV), mais conhecido como documento do carro, em caso de transferência de propriedade de veículo adquirido desde o dia 19 de fevereiro deste ano, além do registro de licenciamento de veículos novos, desde que ainda não expirados.

Se você estava com o processo para tirar a habilitação já em curso, não se preocupe. O prazo para conclusão do processo passou de 12 para 18 meses. Isso significa que quem começou o processo de habilitação em março do ano passado e ainda não concluiu, por exemplo, não precisa se preocupar pois terá até setembro pra concluir o processo.

A deliberação também interrompeu, por tempo indeterminado, os prazos para defesa de autuação, recursos de multa, defesa processual, recursos de suspensão de direito de dirigir e cassação do documento de habilitação.

E você, se encaixa em alguns desses casos? Fique tranquilo e lembre-se que, o importante agora é ficar em casa!

Veja aqui a Deliberação do Contran nº 185, de 19 de março de 2020


Continuar lendo

Saiba como pedir a restituição do Seguro DPVAT 2020


Pagou o Seguro DPVAT 2020 com o mesmo valor do ano passado? Então, você tem direito à restituição do valor pago a mais! Para saber como fazer o procedimento, o blog Viver Seguro no Trânsito preparou um post especial que explica de forma rápida e simples o passo a passo. Dá uma olhada!

1. Primeiro você vai precisar acessar o site disponibilizado pela Seguradora Líder para pedir a restituição do valor do Seguro DPVAT 2020. É só acessar o https://restituicao.dpvatsegurodotransito.com.br/ e a devolução da diferença dos valores pagos será feita diretamente na conta corrente ou conta poupança do proprietário do veículo.

2. Em seguida, você vai precisar informar alguns dados no formulário: CPF ou CNPJ do proprietário, Renavam do veículo, e-mail de contato, telefone de contato, data em que foi realizado o pagamento a maior, valor pago, banco, agência e conta corrente ou conta poupança do proprietário.

3. Depois de realizar a solicitação, o proprietário vai receber por e-mail um código de protocolo. Para acompanhar o andamento da solicitação, basta acessar o site e clicar na opção “Consulta” e inserir o número recebido.

4. Pronto! Agora é só aguardar. Se todos os dados estiverem corretos, o valor estará na conta corrente ou poupança do proprietário em até 3 dias úteis.

Confira abaixo os valores que serão restituídos em 2020:


Ficou com alguma dúvida sobre o passo a passo ou teve problemas com sua restituição? Manda uma mensagem pra gente clicando aqui ou comente aqui embaixo que iremos te ajudar!


Continuar lendo

Saiba como dar entrada no seu pedido pelo App Seguro DPVAT

Diante das últimas notícias e acontecimentos relacionados ao coronavírus, a gente sabe que o melhor a se fazer é ficar em casa né, galera? Pensando nisso, o Viver Seguro no Trânsito resolveu fazer um tutorial para te ajudar a dar entrada no seu pedido de indenização ou reembolso utilizando o aplicativo Seguro DPVAT. Quer saber mais? Então fica ligado no post!

Para começar, acesse a loja virtual do seu smartphone, Google Play ou Apple Store, e procure o Aplicativo “Seguro DPVAT”, como no ícone abaixo:

Após abrir o aplicativo, vai selecionar a opção “Sou vítima ou beneficiário ou representante legal”. Caso seja seu primeiro acesso, na tela seguinte você vai realizar um “Cadastro” e informar e-mail, CPF e data de nascimento, telefones e outras informações.

Após realizada essa etapa, você vai precisar conferir seu e-mail e usar a senha provisória que receber para iniciar a navegação na plataforma. Com ela, será possível realizar o login. Não esqueça: altere a sua senha e, depois comece a cadastrar um “novo pedido” do Seguro DPVAT.

Pedidos de indenização do Seguro DPVAT:

Depois de realizado o cadastro no aplicativo, você vai começar a completar as informações como tipo de cobertura, dados pessoais da vítima e data, hora e informações do acidente de trânsito.

Depois de inserir todos os dados pessoais, você vai precisar digitalizar os documentos. Clique no “ícone da câmera” ao lado de cada documento para fotografar a imagem. Caso o documento possua mais de uma foto, após a primeira captura, selecione a opção “mais fotos”. Depois de anexar tudo, basta enviar o seu pedido.

Lembre-se: os documentos são os dados que comprovam as informações selecionadas anteriormente, portanto, tenha cuidado e verifique se, após fotografar, as informações se encontram todas visíveis.

Sem pressa!

Quando for realizar esse procedimento, faça com tempo e calma! Leia com muita atenção todas as dicas e instruções no aplicativo para cadastrar o seu pedido e verifique se todas as informações que inseriu no pedido estão certas. Realizar o procedimento corretamente e sem nenhum erro é extremamente importante para que a indenização ocorra de forma mais rápida.

Tutoriais

Se ainda ficar com alguma dúvida, temos dois materiais que podem te ajudar:

Um deles está disponível no Slideshare, rede para compartilhamento de apresentações, que você confere aqui.

O outro é um tutorial em vídeo, disponível no nosso YouTube, que você confere aqui:

E lembre-se, estamos sempre por aqui nos comentários!


Continuar lendo

Novos itens de segurança tornam-se obrigatórios para carros 0km


Itens de segurança são essenciais para diminuir os impactos causados pelos acidentes de trânsito. Recentemente, o Conselho Nacional de Trânsito (Contran) editou duas novas resoluções para a fabricação de carros 0 km, que tem, como objetivo, auxiliar ainda mais neste propósito. Ficou curioso para saber quais são as novas regras? Acompanhe o nosso post! ;)

Novas exigências podem parecer exagero, mas muitos dos itens básicos que garantem segurança hoje em dia tornaram-se obrigatórios há pouco tempo no Brasil. É o caso do retrovisor do lado direito, por exemplo, que até 1998 era opcional em alguns veículos populares; a terceira luz de freio (brake light) que passou a ser exigência somente em 2009; e também os airbags e os freios ABS, determinados somente em 2014. 😱

Para este ano, duas novas exigências passam a valer, fazendo com que as montadoras adicionem itens para cumprir as regras. A primeira delas, que já está valendo, é o controle de estabilidade, um sistema que impede que o veículo saia da trajetória original, auxiliando motoristas em curvas mais fechadas e pistas molhadas.

Além disso, passa a ser obrigatória a presença de cintos de segurança de três pontos e encosto de cabeça para todos os assentos de veículos. A norma obriga também estabelece que carros e utilitários ofereçam ao menos um ponto de fixação Isofix para cadeirinhas infantis.

E aí, o que achou dessas mudanças? Conta pra gente aqui nos comentários!


Continuar lendo

Página 1 de 48
12345678910...