Sign In
Início do conteúdo
​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​Sala de Imprensa​​​​​​

Newsletter​​​​​​

Três Perguntas para Renato Telles, da Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito (SMTT) de Aracaju (SE)

Publicado em segunda-feira, 11 de novembro de 2019

Newsletter - 11/11/2019 - 106ª Edição

Entre as capitais e os municípios engajados no Projeto Vida no Trânsito, cujo objetivo principal é reduzir em 50% o número de mortes no trânsito até 2020, Aracaju foi a cidade que mais se destacou, superando, antecipadamente, a meta estabelecida pela Organização das Nações Unidas (ONU) na Década de Ações pela Segurança no Trânsito 2011– 2020.

A bem-sucedida experiência de Aracaju tem por base melhorias estruturais nas ruas e avenidas da cidade, fiscalização e campanhas de educação para o trânsito. “Vamos ampliar ainda mais o nosso trabalho nessa esfera e estimular a população a utilizar o transporte coletivo”, antecipa o superintendente da SMTT Renato Telles, em entrevista à Newsletter Líder Informa.

1- Entre 2010 e 2017, Aracaju reduziu em 55,8% as mortes no trânsito, o melhor resultado entre as 26 capitais engajadas no projeto Vida no Trânsito. A que se atribui esse resultado?

Atribuo às melhorias estruturais nas ruas e avenidas da cidade, uma fiscalização séria e presente nas vias de maior circulação e incidências de acidentes e, sobretudo, à intensificação das campanhas de educação para o trânsito, que tem levado diariamente uma mensagem de conscientização aos condutores e pedestres de Aracaju. Além disso, intensificamos as pinturas das sinalizações pelas ruas e avenidas da capital, que são fundamentais para a segurança e organização do trânsito.

2- Quais são as iniciativas prioritárias para os próximos anos?

As ações educativas no trânsito, por exemplo, estão no Planejamento Estratégico da Prefeitura Municipal de Aracaju. Portanto, vamos ampliar ainda mais nosso trabalho nesta esfera e estimular a população a utilizar o transporte coletivo, com quatro corredores exclusivos para o modal, que estamos viabilizando em algumas das vias mais movimentadas da cidade. Desta forma, reduzimos o número de veículos nas ruas, proporcionando mais mobilidade e segurança viária à população. E continuaremos com as fiscalizações rotineiras, com agentes de trânsito nas ruas, auxiliando o trânsito e também fazendo investimentos na mobilidade urbana.

3- O que falta para tornar o trânsito menos violento no Brasil?

A Prefeitura de Aracaju tem investido na mobilidade da cidade, não só para melhorar o tráfego, mas também para deixar o trânsito mais seguro, mas precisamos também da colaboração da população. As pessoas precisam ter boas práticas e repensar suas atitudes no trânsito. Se cada um fizer a sua parte, conseguiremos construir um trânsito mais seguro para todos.



​Mais artigos​