Ir para conteúdo principal Ir para menu principal



Seguradora Líder responde: cinco principais dúvidas sobre o DPVAT

Publicado em terça-feira, 6 de abril de 2021

Newsletter - 06/04/2021 - 173ª Edição

O Seguro DPVAT representa uma importante proteção aos mais de 211 milhões de brasileiros em caso de acidentes de trânsito em todo o território nacional, sejam eles motoristas, passageiros ou pedestres. Por isso, com a missão de simplificar o acesso ao benefício para as vítimas de ocorrências registradas até o dia 31 de dezembro de 2020, a Seguradora Líder reuniu as cinco principais dúvidas recebidas nos canais oficiais de atendimento nos últimos meses, com respostas claras e objetivas. Confira a seguir.

1. Como dou entrada no Seguro DPVAT? Preciso apresentar o Boletim de Ocorrência (BO)?

O pedido de indenização do Seguro DPVAT pode ser realizado de forma presencial, em um dos pontos de atendimento autorizados (confira a lista aqui), ou de maneira remota, através do aplicativo da Seguradora Líder, disponível para download nas lojas Apple Store e Google Play. Para tanto, é necessário apresentar a documentação solicitada, que inclui o Boletim de Ocorrência (BO), com os dados dos envolvidos e a descrição completa do acidente.

Além disso, é preciso apresentar, para todas as coberturas, o CPF e o documento de identidade (com foto) da vítima e do beneficiário – caso não sejam a mesma pessoa –, além do Formulário do Pedido do Seguro DPVAT preenchido. Há ainda documentos específicos de cada cobertura, que podem ser consultados aqui. Vale destacar que dar entrada no Seguro DPVAT é um procedimento gratuito e você pode fazer sozinho.

2. Como posso consultar o andamento do meu processo?

Os pedidos de indenizações de acidentes ocorridos até o final de 2020 podem ser consultados via WhatsApp, pelo número (21) 96781-3444; na página inicial do site da Seguradora Líder (clique aqui); via chat; ou pelo campo de busca do aplicativo Seguro DPVAT, da Seguradora Líder.

 

3. Quando irei receber o pagamento da minha indenização?

Após a apresentação de toda a documentação completa e correta, o pagamento da indenização é feito em até 30 dias. Se houver algum documento ou informação pendente, o prazo será recontado a partir da data em que a pendência for solucionada. Portanto, para agilizar o processo, é fundamental que todos os dados e formulários sejam preenchidos corretamente e todos os documentos necessários sejam entregues. Veja a lista de documentos aqui.

4. Posso receber o valor do Seguro DPVAT por uma conta digital?

Caso o seu acidente tenha ocorrido até 31 de dezembro de 2020, a indenização Seguro DPVAT pode ser recebida em conta corrente de qualquer banco, incluindo os digitais (cadastrados no BACEN), ou, então, em conta poupança. Não são aceitas conta salário e/ou benefício. Vale reforçar que o crédito só pode ser realizado em conta que esteja em nome da vítima ou do herdeiro legal, em casos de falecimento, desde que informada no preenchimento da autorização de pagamento.

Caso a vítima, beneficiário ou representante legal não possua uma conta para que seja realizado o depósito, basta ir a um ponto de atendimento autorizado e solicitar, gratuitamente, um formulário para abertura de conta poupança.

5. Sofri um acidente em 2020, mas ainda estou em tratamento médico por conta das lesões. Já posso solicitar a indenização de invalidez permanente?

A cobertura por invalidez permanente do Seguro DPVAT é para casos em que a pessoa fica com uma sequela definitiva depois de um acidente de trânsito. Mas, para isso, ela precisa terminar o tratamento médico e a documentação demonstrar que o membro ou o órgão do corpo teve um problema irreversível. Ou seja, que não terá cura.

No entanto, enquanto a vítima está em tratamento, é possível solicitar o reembolso das despesas médicas (DAMS) que foram realizadas em decorrência do acidente de trânsito, como gastos com medicamentos, fisioterapias, produtos para curativos, internações, entre outros, apresentando todas as notas fiscais e recibos comprovatórios. É importante que todas as notas apresentadas estejam em nome da vítima.

Para conferir mais dicas, acesse a seção de Perguntas Frequentes no site da Seguradora Líder.



​Mais artigos​



Utilizamos cookies essenciais para a navegação, visando a contínua segurança do site para seus usuários e uma melhor experiência de navegação. Ao utilizar o seguradoralider.com.br, você concorda com os nossos Termos de Uso . Para ter mais informações sobre o compromisso da Companhia com a proteção dos seus dados e com a sua privacidade, acesse a nossa Diretiva de Privacidade e Proteção de Dados .